Curiosidades Plantas

16 plantas bizarras e curiosas encontradas na natureza

 É impressionante como há um lado bizarro das plantas que a maioria das pessoas nem sabe que existe, pois muitas espécies são ainda pouco conhecidas pela ciência. Você pode está se perguntando o que torna essas plantas únicas? 

É o que vamos descobrir nesta lista de 16 plantas bizarras e curiosas encontradas na natureza. Você vai se surpreender!

1. Orquídea cara de macaco ( Dracula simia )

Dracula simia apresenta uma forma semelhante a cara de macaco.

Dracula simia é uma espécie de orquídea extremamente rara e excepcional. Possui dois pequenos olhos escuros, sobrancelhas pontilhadas difusas e um nariz peludo e uma área de barba, que se assemelham a cara de um macaco. Apenas algumas pessoas viram esta flor porque é extremamente difícil chegar até ela, mesmo que seja encontrada. Geralmente cresce nas florestas nubladas do Peru e sudeste do Equador.

Cada flor tem diferentes expressões de feliz a triste. Floresce em qualquer estação. As flores tem cheiro de laranja madura. Existem mais de 100 tipos de grupos de Dracula. 

2. Flor morcego ( Tacca chantrieri )

Tacca chantieri é conhecida por sua forma de morcego, daí seu nome comum.

A flor morcego ‘tacca chantieri’ é nativa das regiões do sudeste da Ásia, como o sul da China, Malásia e Tailândia. Esta planta quase preta definitivamente tem uma das aparências mais assustadoras. Não há muitas flores que tenham orelhas e bigodes, mas a flor morcego sim. 

A planta cresce até 30 centímetros de diâmetro com bigodes longos de até 70 centímetros de comprimento. Embora sua aparência seja um tanto bizarra, não podemos negar a beleza que há nessa espécie.

3. Coração sangrento ( Lamprocapnos spectabilis )

O coração sangrento ( Lamprocapnos spectabilis ) tem uma forma distinta de coração que lhe dá o nome

Nativo da Sibéria, norte da China, Coréia e Japão, o coração sangrento tem esse nome por causa da forma de coração e pontas brancas distintas que se assemelham a gotículas. Os primeiros espécimes foram introduzidos no Reino Unido no século XIX pelo botânico Robert Fortune.

Florescem na primavera. Suas flores delicadas tornam qualquer ambiente mais romântico.

4. Lírio Cobra ( Darlingtonia californica )

O topo tubular e a folha bifurcada do lírio cobra (Darlingtonia californiaca)  lhe dão o apelido,

O lírio cobra ou planta de jarro californiano é uma planta carnívora que cresce em pântanos, Originária do noroeste do Pacífico. Seu nome vem de seu topo tubular que lembra o capuz de uma cobra, enquanto sua folha bifurcada parece uma língua. 

A planta atraie e captura insentos, uma vez que a presa está dentro, a luz que brilha através do capuz translúcido impede que ela encontre a saída. Os pêlos apontando para baixo garantem que a viagem do inseto seja de sentido único.

5. Olhos de boneca ( Actaea pachypoda )

Actaea pachypoda, as bagas são assustadoramente parecidas com globos oculares.

Essa espécie é nativa do leste da América do Norte e, embora as flores sejam bastante bonitas e delicadas, são as bagas que são meio assustadoras. Parecem globos oculares em uma vara. Outro aspecto assustador desta planta é que ela é muito tóxica e a ingestão das bagas ou caules pode ser fatal.

Andar por uma floresta cheia disso não seria exatamente uma visão acolhedora em uma noite escura e nebulosa.

6. Planta carniça ( Stapelia gigantea )

A planta carniça ou a flor do sapo liberam um cheiro terrível para atrair insetos

Uma planta com flores nativa das regiões desérticas da Tanzânia e da África do Sul, a flor de carniça (ou flor de sapo) recebeu esse nome de seu cheiro absolutamente repulsivo. Ela libera um odor de carne podre para atrair moscas para polinizá-lo. 

A planta tem um cheiro tão terrível que os cientistas estão trabalhando em maneiras de usá-la como um inibidor de apetite humano.

7. Flor cadáver ( Amorphophallus titanum )

A flor-cadáver (Amorphophallus titânio ) pode crescer até três metros de altura

Esta planta floresce tão raramente que, sempre que acontece, muitas vezes é manchete local e, às vezes, global. A flor cadáver é tecnicamente uma flor composta e só cresce na Indonésia, especificamente em Sumatra. Seu nome vem do grego antigo “amorphos”, que significa “sem forma, disforme”. Esta flor não é apenas extremamente rara, é extremamente grande, algumas podem crescer até 3 metros de altura. 

Se você ainda está curioso para saber por que ela recebeu esse nome, basta dar uma cheirada em uma. A flor exala o odor pútrido de um corpo em decomposição para atrair insetos para polinização. Floresce uma vez a cada 40 anos apenas por 4 dias!

8. Lírio cadáver ( Rafflesia keithii )

Raffesia Keitchii é a mairo flor do mundo, nativa da Ásia.

Popularmente conhecido como lírio cadáver, a Rafflesia kerrii é uma planta parasita que cresce exclusivamente pela absorção de nutrientes de outras plantas. Quando floresce exala um cheiro de carne em decomposição que atrai os insetos para sua polinização.

Muitas vezes é designado como a maior flor do mundo, ainda que a flor-monstro, outra Rafflesia, só que arnoldii, tenha um tamanho médio maior que a kerrii. Estas flores só podem ser encontradas na floresta tropical do sul da Tailândia e peninsular da Malásia.

Elas tem um tem um diâmetro variável entre 50–90 centímetros, mas a polêmica sobre quais das duas é maior ainda permanece.

9. Flor do beijo ( Psychotria elata )

Psychotria elata – as brácteas formam um estado de beijo para depois de alguns dias revelar as pequenas flores dentro

Esta planta parece ter lábios vermelho carnudos, como os de Mick Jagger, líder dos Rolling Stones. Como o nome científico de Psychotria elata, esta espécie também é chamada de Planta dos Lábios Quentes, Flor de Lábios ou até mesmo de Lábios de Prostituta. As partes vermelhas brilhantes que lembram os lábios são na verdade brácteas, não pétalas. 

As brácteas em forma de folha estão apenas em seu estado de ‘beijo’ por alguns dias antes de abrir para revelar as pequenas flores amarelas e brancas dentro. A planta Flor do beijo é nativa das regiões tropicais da Colômbia, Costa Rica e Panamá, mas devido à sua popularidade entre os colecionadores e o desmatamento de seu habitat natural, está na lista de espécies ameaçadas de extinção. Espero que não tenhamos que dar adeus a essa pequena beleza tão cedo!

10. Flor da garça africana (Hydnora africana)

Hydnora africana exala um cheiro desagradável como fedor das fezes, para atrair polinizadores, como besouros carniceiros

O nome científico da garça africana é ‘Hydnora africana’. Esta espécie é uma planta parasita no sul da África, que geralmente se alimenta das raízes de outras espécies. Suas flores crescem no subsolo e também podem crescer acima do solo.  

O mais peculiar da flor da garça africana não é apenas sua aparência, mas também seu cheiro, que é muito desagradável como o fedor das fezes. Elas usam seu odor para atrair polinizadores, como besouros carniceiros.

11. Flor de dragão ( Antirrhinum )

quando as belas flores da cabeça de dragão quando secas, escondem vagens de sementes em forma de crânios humanos

A flor de dragão é uma planta de jardim originária do Oeste da América do Norte, região do Mediterrâneo ocidental e norte da África. Seu nome é devido a sua semelhança com a cabeça de dragão. Mas o que poucas pessoas sabem, é que, as belas flores quando secas escondem vagens de sementes de aparência ameaçadora que se assemelham a crânios, minúsculos crânios humanos! 

Antigamente, acreditava-se que a flor do dragão era uma planta mística, com o poder de espantar espíritos malignos e bruxas!

12. Videira de sino roxo (Rhodchiton astrosanguineus)

Rhodochiton atrosanguineus é uma trepadeira nativa do México, de aparência exótica.

Rhodochiton atrosanguineus é uma planta trepadeira do México, de aparência exótica, comumente chamada de videira de sino roxo. Produzidas em sucessão desde o final da primavera até as primeiras geadas, as flores são lindas. Pendurados em cálices vermelho-púrpura brilhantes, em forma de sino, há longos tubos tubulares de vermelho-sangue a roxo. Após a polinização, os tubos caem, mas as sépalas se expandem e ficam esverdeadas em vermelho-rosado e ficam elegantes por semanas.

Seguradas em pecíolos longos, as folhas em forma de coração verde pálido, com 3 cm de comprimento, são adornadas com bordas roxas. Eles enrolam em torno de qualquer suporte. A videira de sino roxo requer pouco cuidado. É uma planta de crescimento rápido e geralmente muito fácil de cultivar e tem floração longa

13. Flor de papagaio ( Impatiens Psittacina )

Impatiens Psittacina é uma espécie muito rara, que lembra um papagaio.

A flor do papagaio é uma espécie de bálsamo que se parece com um papagaio. Seu nome científico é Impatiens Psittacina. É uma espécie muito rara. Foi encontrado pela primeira vez na Birmânia no século 19. A flor prospera nas terras selvagens da Tailândia, Mianmar (Birmânia) e sudeste da Índia.

O governo tailandês proibiu a exportação de sementes de Bálsamo de Papagaio, o que aumentou a venda de sementes falsas.

Fato interessante é que os cientistas não conhecem o polinizador da planta. Isso torna o bálsamo de papagaio impossível de cultivar por jardineiros. Os cientistas especulam que é algum tipo de pássaro ou morcego que tem uma língua longa o suficiente para alcançar dentro da flor. Outros pensam que é algum tipo específico de abelha ou vespa.

14. Flor Darth Vader

Aristolochia Pipevine é uma trepadeira lenhosa nativa do Brasil. 

Vendo essas flores incríveis e de aparência ligeiramente sinistra, você entenderá por que a planta merece ser rotulada como planta Darth Vader. Aristolochia Pipevine é uma trepadeira lenhosa nativa dos prados úmidos e planícies de inundação encharcadas do Brasil. 

A forma de capacete e a coloração roxa das flores, combinadas com o poderoso aroma de carne podre, atraem insetos polinizadores. Esses visitantes voam através dos “olhos” luminosos da planta Darth Vader, que são forrados com pelos pegajosos que aprisionam os desafortunados convidados por tempo suficiente para cobri-los com pólen. Eles são então liberados para voar e polinizar mais flores. Cada flor dura apenas uma semana.

15. Dioneia ( Dionaea muscipula )

Dionaea muscipula é uma das plantas carnívoras mais icônicas da natureza.

A mais icônica das plantas carnívoras, a natureza misteriosa e aparentemente senciente da dioneia de Vênus influenciou a cultura pop, incluindo Pokémon, e filmes como ‘O Terror Veio do Espaço’ e ‘A Pequena Loja de Horrores’. 

Charles Darwin uma vez descreveu a planta como “uma das mais maravilhosas do mundo”, embora seja improvável que suas presas, os insetos concordem. A planta usa néctar doce para atrair moscas, então quando uma pousa e aciona os pelos finos dentro da armadilha, a planta se fecha em torno da mosca e digere seu tecido mole com uma enzima.

16. Orquídea Garça-Branca ( pecteilis radiata )

Orquídea garça branca ou pecteilis radiata é uma planta com lindas flores brancas semelhantes a uma garça.

Orquídea garça branca ou pecteilis radiata é uma planta com flores surpreendentemente lindas, nativa da Ásia. Também é conhecida como orquídea franjada e Sagiso. A planta floresce no verão e tem flores brancas peroladas atraentes. 

As flores parecem o pássaro garça nevada em vôo. Suas flores pequenas têm apenas uma largura de 4 cm. A planta também apresenta um grande nectário que cresce até 8 cm de comprimento.

A Mãe Natureza nunca deixa de nos surpreender com seu senso de humor, digamos, peculiar, com essas plantas incomuns. Qual dessas espécies você mais gostou? Deixe a gente saber nos comentários!

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.