Suculentas

Aeonium haworthii: ideal para quem está começando o cultivo de suculentas

Aeonium haworthii é uma espécie de planta suculenta da família Crassulaceae. É nativo das Ilhas Canárias, onde cresce em penhascos.

É uma suculenta resistente, que cresce rapidamente e produz inúmeras novas brotações laterais, a partir do caule. Como se não bastasse, à medida que envelhece, vai adquirindo um interessante aspecto de arvoreta, que lembra um bonsai. Trata-se de uma suculenta ideal para quem está começando o cultivo destas gorduchas.

A  Aeonium haworthii dispõe suas folhas suculentas, em forma de espada, radialmente em torno de um eixo central, formando rosetas de grande apelo ornamental.

Seu caule vai adquirindo uma aparência lignificada, similar à de árvores adultas. Por esta razão, muitos cultivam o Aeonium haworthii como um bonsai.

Em locais sombreados, suas folhas permanecem verdes. Contudo, quanto mais luminosidade receber, mais coloridas elas se tornam, adquirindo bordas avermelhadas.

Existe uma variedade muito famosa, variegata, denominada Aeonium haworthii ‘Kiwi’. Esta forma apresenta folhas que mesclam tons de verde e creme, com bordas vermelhas.

Como cuidar a Aeonium Haworthii

 Luz: Aprecia um local com boa luminosidade. Embora seja uma planta resistente ao sol e às altas temperaturas, ela prefere uma exposição solar equilibrada, da-se bem numa combinação de sombra e sol.

Temperatura– É resistente ao calor e ao frio, contudo crescerá de um modo mais equilibrado se lhe for proporcionada proteção durante estas fases. Ao contrário da maioria das plantas, as aeonium apresentam um crescimento mais ativo no Inverno do que no Verão.

Regas: As aeonium são tolerantes à falta de água, contudo estas plantas apreciam regas mais regulares comparativamente a outras suculentas, pelo facto de apresentarem um sistema radicular pequeno e superficial. Contudo vale lembrar que o excesso de água pode provocar o apodrecimento das raízes.

Solo:  Dá-se numa grande diversidade de solos, desde que estes apresentem boa drenagem e porosidade.

Transplante: Faça o replantio a cada dois a três ano no Outonos. A intensão é renovar a terra e facilitar o crescimento da suculenta.

Cuidados: No Outono, forneça uma adubação leve e equilibrada, tipo 10-10-10. Não necessita de poda, mas beneficiará se lhe cortar os ramos com má aparência ou muito velhos, remova folhas secas e murchas.

Pragas e doenças: As aeonium são praticamente livres de pragas e doenças, contudo convém vigiar um possível aparecimento cochonilhas ou pulgões, principalmente se passaram por períodos de seca.

Multiplicação: A aeonium propaga-se por estaca de caule, colocada em substrato arenoso ligeiramente húmido. Terá melhor sucesso nesta tarefa se a realizar  quando a suculenta se apresenta em fase de crescimento ativo. Também é possível reproduzir a planta através das sementes. A sementeira é realizada no Verão, em ambiente com temperatura situada entre os 19 e os 24ºC.

Nomes populares: Cata vento, planta do ar, sempre vivas.

Anúncio

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.