Ornamentais Plantas

Alocácia-casco-de-tartaruga: uma herbácea de folhagem ornamental

A alocásia-casco-de-tartaruga (Alocasia nebula) é uma planta herbácea, perene, rizomatosa e de folhagem ornamental. Nativa de Bornéu, na Indonésia, ela pertence à família das Araceae.

Pode medir entre 70 e 90 centímetros de altura, e suas folhas crescem até 45 centímetros. Elas apresentam longos pecíolos, cor marcadamente verde-acinzentada, com formato cordiforme a sagitada e listras verde-escuras que destacam suas nervuras. Além disso, são carnosas e cerosas, características que dão à espécie uma textura única.

Dependendo das condições de cultivo, a planta pode ainda adquirir uma tonalidade prateada com reflexos arroxeados. As cultivares mais comuns entre os colecionadores são a ‘Imperialis’, ‘Balun’ e ‘Elaine’.

Suas inflorescências crescem em hastes curtas, completamente cobertas pelas folhas. São do tipo espádice com espata, porém são de pouca importância ornamental.

A alocásia-casco-de-tartaruga se assemelha aos antúrios (Anthurium sp) no aspecto e na sua utilidade paisagística também. A exemplo de seus semelhantes, também pode ser cultivada em vasos ou jardineiras — como folhagem de interior —, bem como em maciços no jardim, desde que em áreas protegidas do sol direto.

Também pode compor lindos e amplos vasos para enfeitar cantinhos, aparadores, escrivaninhas ou mesas laterais, etc. No jardim, presta-se como forração em bosques sombreados ou como bordadura ao longo de corredores localizados na face sul.

Pode funcionar como a atração de jardins verticais, em especial nos de estilo urban jungle, pois sua folhagem é perfeita para dar um aspecto de floresta tropical à parede verde.

Não é uma planta exigente quanto à manutenção, necessitando apenas de podas para a remoção das folhas velhas e amareladas, aumentando a saúde e beleza da planta.

Cultivo da alocásia-casco-de-tartaruga

A luz solar direta irá causar a queimadura das folhas, portanto é altamente recomendado que a alocásia-casco-de-tartaruga seja cultivada sob luz filtrada. Aprecia o clima tropical e substratos leves, drenáveis, com boa capacidade de retenção de umidade e ricos em matéria orgânica.

Essa espécie de crescimento lento necessita de alta umidade do ar durante todo o ano para que se desenvolva de forma satisfatória. Além disso, a temperatura ideal para o cultivo é entre 18ºC e 25ºC.

As regas devem ser levemente espaçadas, evitando o encharcamento, mas mantendo a umidade do solo. Evite a secura por períodos longos para que isto não atrapalhe o seu desenvolvimento.

Ela entra em dormência no inverno frio, podendo perder todas ou algumas de suas folhas. Caso isso aconteça, procure reduzir as regas e aguarde a primavera, época em que ela irá rebrotar.

A propagação da alocásia-casco-de-tartaruga pode ser realizada pela divisão do rizoma subterrâneo, durante a primavera e o verão. Replante a cada um ou dois anos, para comportar seu crescimento e renovar o substrato.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.