Ornamentais Plantas

Aspargo pluma: como cultivar essa planta de folhagem delicada

Dentro da família Asparagaceae, originária da África do Sul, uma das espécies mais utilizadas na jardinagem é o Asparagus densiflorus e dentro desta espécie, existe uma variedade que é especialmente vistosa: Asparagus densiflorus ‘Myersii ‘, mais conhecida pelos nomes populares de aspargo pluma, rabo-de-gato ou rabo-de-raposa, obviamente devido à aparência de seus ramos.

O aspargo pluma é uma planta de folha persistente que cresce em arbusto até os 50 cm de altura.

Os caules da Asparagus densiflorus ‘Myersii‘ são mais curtos do que as outras variedades e a sua forma vertical, compacta e tubular confere-lhe um aspecto rígido.

Os ramos , que estão ligeiramente separados do eixo principal, são verticais e torcem-se à medida que crescem, devido ao seu próprio peso.

A sua folhagem fina em hastes eretas formam plumas onde, ocasionalmente, surgem pequenas flores brancas seguidas de bagas vermelhas. É uma planta resistente à seca, mas prefere solos húmidos e bem drenados.

O aspargo pluma faz jus ao seu nome popular, pois sua folhagem plumosa e delicada, faz dela uma planta atraente que pode ser cultivada com sucesso em vasos ou ao longo das bordas do jardim.

Veja como cuidar dessa planta para que ela esteja sempre saudável e bonita, embelezando seu jardim.

Aspargo pluma _ Dicas de cultivo

Solo para plantio

Quando for plantar ou replantar o seu aspargo pluma, escolha uma terra mais arenosa e leve, semelhante ao solo do habitat natural da planta.

Para preparar o vaso, misture areia, húmus e substrato para mudas em partes iguais, cobrindo bem a superfície com palhinhas protetoras para manter um pouco de umidade no solo.

Como regar o Aspargo pluma

Não precisa se preocupar em ficar regando seu aspargo pluma com frequência. Embaixo da terra, nas raízes, essa planta forma umas batatinhas que servem para armazenar água e nutrientes, principalmente nas épocas mais secas.

Regue a planta somente depois de colocar o dedo alguns centímetros abaixo da terra e notar que está seco.

Luminosidade

Diferente de outros Aspargus, essa planta prefere sol pleno, então pode deixá-la em um local na sua casa ou jardim onde bate sol o dia todo.

Temperatura

A temperatura ideal de cultivo é de 25 ºC, podendo oscilar entre 22 ºC e 30 ºC. Abaixo de 13 ºC, pode ser prejudicial ao aspargo pluma.

Fertilização

Para reposição de nutrientes poderá usar adubo granulado tipo NPK formulação 10-10-10, cerca de uma colher de sopa da medida que acompanha a caixa. Incorporar ao solo do vaso e regar.

Reprodução do aspargo pluma

Para fazer uma nova muda, escolha uma parte saudável e adulta da planta, com algumas folhas e umas batatinhas junto. Plante em um novo local e ela vai pegar rápido.

Se quiser, também pode remover toda a planta de um vaso que já pretendia trocar e fazer a divisão de touceiras, que é separar a planta em mais partes, preservando raízes e folhas em cada uma.

Escolha fazer isso depois que a planta já tiver dado flores e frutos, aí já aproveite para fazer uma poda de limpeza, removendo galhos e folhas secas.

Toxidade do Aspargo pluma

Cuidado com os frutos tóxicos! Quando essa planta floresce, surgem lindas e delicadas flores brancas, bem pequenas. Depois dessa fase, vêm os frutos, que são bolinhas vermelhas muito bonitas, um destaque no visual da planta.

O problema é que esses frutos são tóxicos, então, não deixe crianças e animais de estimação muito perto.

Paisagismo

A recomendação é sempre plantá-la de forma isolada, pois qualquer planta que tenha que dividir um espaço com ela tem a perder, pois esse aspargo ocupará seu espaço na parte aérea, mas também no subsolo. 

Se o fizermos, teremos que renovar esse recipiente com frequência para manter uma estrutura harmoniosa e equilíbrio nas raízes das plantas.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.