Ornamentais

Aspargo samambaia: delicada e frondosa, pode ser cultivada como arbusto, trepadeira ou pendente

O aspargo samambaia é uma planta trepadeira com folhagem plumosa amplamente utilizada para fins ornamentais, sendo comumente plantada junto a muros, cercas ou grades.

A planta cujo nome científico é Asparagus setaceus, pertence à família Lilaceae e é nativa da África do Sul. Apresenta caules delicados com grandes ramificações delgadas e espalhadas, que chegam a alcançar 3 m de comprimento.

Apesar do nome comum, não é uma verdadeira samambaia, mas suas folhas são muito semelhantes.. Por ser uma das plantas mais comuns do gênero, é chamada de samambaia de aspargos comuns.

As raízes possuem características longas e ramificadas, folhas afiliadas e verdes têm pequenos espinhos que não são considerados rígidos ao extremo para danificar com facilidade a pele humana e de outros animais.

As folhas e ramos trazem aspecto rude que são perfeitos para a composição de jardins tropicais, aspecto das frondes de samambaias, o que de fato tornou a espécie muito popular no Brasil.

São folhas finas, horizontais e delicadas, mas que na realidade não são folhas, mas sim pequenos ramos muito finos, com espinhos que se designam por cladódio. A beleza do rendilhado das folhas dá ao aspargo samambaia um bonito aspecto plumoso.

Durante as épocas quentes do ano podem surgir flores com cores brancas que em níveis mercadológicos possuem importâncias decorativas consideradas ornamentais.

Seus ramos são também comumente usados em arranjos florais e buquês. Apesar do caráter decorativo, ela pode ser considerada uma planta invasora, já que é capaz de se espalhar facilmente.

Os frutos atraem passarinhos de diversas espécies que podem tornar o ambiente colorido.

Cultivo do aspargo samambaia

Terra para plantio

Quando for escolher um vaso ou canteiro para o seu aspargo samambaia, opte por uma terra fértil, drenável e enriquecida com matéria orgânica.

Luminosidade

Essa é uma planta de meia sombra, ou seja, ela gosta de sol, mas não o dia inteiro. O ideal é colocá-la onde pode absorver luz direta do sol em algumas horas do dia. Se deixá-la totalmente na sombra, suas folhas vão amarelar.

Clima ideal

Embora seja uma planta africana, o que faz a gente pensar que ela gosta de muito calor, o aspargo samambaia se adapta bem ao frio subtropical. É uma planta delicada nas folhas, mas com uma estrutura bem forte para suportar o inverno com temperaturas bem baixas. Por períodos curtos, ela suporta estiagem e encharcamentos.

Podas do aspargo samambaia

É preciso tomar cuidado na hora de manusear e podar a planta, pois ela desenvolve espinhos como os das rosas em seus caules adultos.

Não deixe acumular uma poda, pois fica cada vez mais difícil de fazer, já que a planta cresce bastante, podendo atingir 3 metros, e cresce bem rápido também.

A poda pode ser de limpeza ou de condução para o que aspargo samambaia ocupe apenas o espaço que você deseja.

A planta enraíza muito, então, uma vez ao ano é recomendado fazer o replantio, seja em vaso ou no canteiro, aproveitando para remover folhas e galhos secos, e as raízes excessivas.

Reprodução

Para fazer mudas do aspargo samambaia, você nem precisa de muito esforço. Quando os frutos caírem na terra, vão brotar espontaneamente e com facilidade.

Mas, também pode fazer novas mudas com a divisão de touceiras, o que é bom fazer quando for replantar, pois já aproveita para separar a planta em mais partes (com raiz e tudo) e replantar cada parte em um vaso ou canteiro diferente.

Produtos que podem te interessar

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.