Hortaliças

Bredo: conheça a verdura mais consumida na Páscoa

O bredo é uma planta que costuma ser vista como uma erva daninha, mas que ganha destaque na mesa dos brasileiros durante a Semana Santa, principalmente no Nordeste. Essa tradição tem origem na cultura africana e se mantém viva há séculos.

Nativa do continente americano, o bredo pertence à família das Amaranthus spp. (Amaranthaceae), que é enorme, e inclui plantas super diversas em formato, cor e tamanho. A variedade mais comum em todo o Brasil é a Amaranthus viridis L.

É popularmente conhecida também como bênção-de-deus, caruru, língua-de-vaca, maria-gomes e maria-gorda, dependendo da região.

O Bredo tem folhas verdes escuras, caules fibrosos, flores pequenas e sementes comestíveis. Ele se parece com o espinafre, mas tem um sabor levemente amargo. As folhas são a parte mais usada na culinária e na medicina natural, mas as sementes também podem ser aproveitadas em torradas, pães e outras receitas.

Cresce de forma espontânea em solos férteis e úmidos e tem um ciclo de cultivo de cerca de quatro meses. Na época da Páscoa, ele é muito procurado nos mercados e feiras, pois faz parte do cardápio típico dessa data.

Uma das receitas mais populares com o bredo é o “bredo de coco”, que consiste em cozinhar as folhas com temperos como alho, cebola, coentro e tomate e adicionar leite ou óleo de coco no final. Esse prato acompanha peixes fritos ou assados, como tilápia ou bacalhau.

Além de saboroso, o bredo também é nutritivo e benéfico para a saúde. Ele é rico em cálcio, ferro, potássio e vitaminas A, B1 e B2. Esses nutrientes ajudam a prevenir e tratar problemas como anemia, osteoporose, inflamações da bexiga, doenças do estômago e prisão de ventre. Ele também fortalece a visão, a imunidade e o metabolismo.

O bredo se adapta a diferentes tipos de solo

Veja como é fácil cultivar o bredo

O bredo é uma planta fácil de cultivar, pois se adapta a diferentes tipos de solo e clima. Você pode seguir os seguintes passos para cultivar o bredo na sua casa:

  • Escolha um local com boa exposição ao sol e um solo bem drenado e rico em matéria orgânica;
  • Compre as sementes de bredo pela internet ou em lojas de produtos naturais ou jardinagem;
  • Semeie as sementes diretamente no local definitivo ou em vasos ou bandejas e depois transplante-as quando tiverem cerca de 10 cm de altura;
  • Mantenha o solo úmido, mas não encharcado, regando regularmente;
  • Colha as folhas quando estiverem verdes e tenras, cortando-as com uma tesoura ou uma faca;
  • Aproveite as folhas para fazer saladas, refogados, sucos ou outras receitas.
Bredo de coco: uma receita simples e saborosa

Receita de Bredo de Coco

O bredo é uma planta que merece ser valorizada não apenas na Páscoa, mas durante todo o ano. Ele é uma fonte de alimento barata, fácil de cultivar e cheia de propriedades medicinais. O seu sabor levemente amargo combina bem com peixes e leite de coco.

Aprenda como fazer uma receita simples e saborosa de bredo de coco.

Confira a seguir:

Ingredientes:

– 4 Maços de bredo

– 2 Xicaras de (chá) de água

– 250ml de leite de coco (preferência o caseiro)

– 4 Unidades de tomate em cubos

– 1 Unidade de cebola média picada

– 2 Dentes de alho amassado

– Coentro picado a gosto

– 2 Colheres de sopa de azeite de oliva

– Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo: Destaque as folhas do bredo, lave-as e leve para escaldar para tirar o visgo. Escorra e reserve. Faça um molho fritando a cebola e o alho no azeite. Junte os tomates e deixe cozinhar até encorpar. Junte o coentro e tempere com sal e pimenta. Em seguida acrescente o bredo, o leite de coco e deixe cozinhar até ferver, carca de 15 minutos.



Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.