Cactos Plantas

Cacto dedo de dama: Mammillaria elongata

Mammillaria elongata, mais conhecido como cacto dedo de dama é uma cactácea florífera e muito popular, nativa de áreas rochosas, da região central do México.

O cacto dedo de dama se caracteriza por ramos alongados, verdes, cilíndricos, suculentos, semelhantes a dedos e recobertos por espinhos. Os ramos formam grupos densos, que chegam a 30 cm de largura por 15 cm de altura. Eles podem ser eretos ou inclinados. Os espinhos surgem em grupos radiais, formando pequenas estrelas. Eles podem ser retos ou recurvados, e de diversas cores, como branco, amarelo, creme, castanho, marrom e vermelho. A cor dos espinhos tem importância primordial na cor geral da planta, pois eles cobrem grande parte da superfície dos ramos.

As flores surgem na primavera, dispostas em circunferência no topo dos ramos. Elas podem ser brancas, amarelas ou róseas. Os frutos que se seguem são bagas vermelhas, globosas e contém numerosas sementes.

É importante não confundirmos o cacto dedo de dama com outra espécie do mesmo gênero, Mammillaria gracilis, cujo apelido mais conhecido é cacto dedal. Frequentemente, encontramos estes dois cactos sendo designados com as nomenclaturas trocadas. Em comum, ambos apresentam a característica morfologia cilíndrica, em forma de dedos, que parecem recobertos por uma delicada renda adornada por espinhos pouco agressivos. No caso do cacto dedal, esta renda é toda branca.

Dentre todas as variedades do cacto dedo de dama, no entanto, a que faz mais sucesso junto aos colecionadores é a sua forma cristata. Devido a uma anomalia na sua maneira de crescimento, o Mammillaria elongata cristata assume um curioso aspecto com curvas sinuosas, em alto relevo, que lhe conferem o apelido de cacto cérebro. Trata-se de uma forma mais rara do cacto dedo de dama, cuja variedade tipo é comumente encontrada nas coleções.

Principais cuidados com o cacto dedo de moça

Compacto, resistente e de fácil cultivo, o cacto dedo de dama é ideal para quem tem pouco tempo para cuidar de suas plantas. Ele apenas requer alguns cuidados básicos. Vejamos quais são:

Vaso

O vaso para o cultivo do cacto dedo de dama deve ter um eficiente sistema de drenagem. Ele pode ser obtido com uma camada de cacos de telha, pedrisco ou argila expandida, no fundo. Uma manta geotêxtil pode ser posicionada sobre este material, de modo a evitar que o solo se perca durante as regas. Alternativamente, pode-se utilizar filtros de café, para esta finalidade. O importante é que o vaso não seja colocado dentro de cachepots decorativos sem furos, nem sobre pratinhos, que tendem a acumular a água das regas. O excesso de umidade pode matar rapidamente seu cacto dedo de dama.

Luz

Embora esta cactácea aprecie o sol pleno, ela também pode ser cultivada em interiores, desde que em locais que recebam bastante luminosidade. Janelas face norte são ideais para o cultivo do cacto dedo de dama, já que são mais ensolaradas. Além disso, varandas e jardineiras externas podem ser excelentes locais para manter o Mammillaria elongata. Uma boa luminosidade é um dos fatores essenciais para induzir a floração do cacto dedo de dama.

Temperatura

O cacto dedo de dama é resistente a temperaturas elevadas. No entanto a temperatura ideal para ele é de 15-25ºC. Durante o seu repouso vegetativo consegue suportar temperaturas baixas até aos 5ºC desde que o seu substrato se mantenha seco. Pode ser cultivado ao ar livre desde que os invernos não sejam muito rigorosos.

Solo

Para evitarmos o encharcamento do solo, devemos cultivar o cacto dedo de dama em um substrato arenoso, bem aerado e drenável. De modo geral, solos arenosos e pobres em matéria orgânica são ideais para a manutenção do Mammillaria elongata. Existem substratos próprios para o cultivo de cactos e suculentas, à venda em casas especializadas. Alternativamente, podemos misturar terra vegetal preparada, que também é vendida pronta, com areia grossa, em partes iguais.

Regas

Mammillaria elongata somente deve ser regado quando o solo estiver completamente seco. Durante o inverno, a frequência das regas deve ser drasticamente diminuída. Este procedimento não apenas evita o encharcamento do substrato como também ajuda a induzir a floração, que costuma surgir na estação seguinte, durante os meses da primavera.

Adubação

O cacto dedo de dama não necessita de uma adubação muito elaborada, uma vez que está habituado a solos pobres em nutrientes. Se intenção seja fazê-lo florescer, podemos recorrer a uma formulação mais rica em fósforo, que visa estimular a floração.

Caso seja usado em ambientes internos, usar somente adubo NPK 10-10-10, usando uma colherinha das de chá da medida que acompanha o granulado para um vasinho de tamanho médio.

Multiplicação do cacto dedo de moça

A propagação é bastante fácil, cada haste dá origem a uma nova muda e enraíza com facilidade. Basta destacá-la, deixar cicatrizar à sombra por pelo menos 24 horas e plantar. 

A propagação por sementes também é viável, apesar do processo ser muito lento. Deverá ser realizada num substrato peneirado misturado com areia de construção. Espalhe as sementes sobre a mistura de substrato alisada e cubra com uma camada bem fina.

Depois pulverize com água e cubra com um plástico ou chapa de vidro. Coloque em local protegido da incidência direta do sol. Após as novas plantinhas nascerem destape o vasilhame e mantenha alguma umidade no substrato. 

Uso do cacto dedo de dama no paisagismo

Apesar do Mammillaria elongata ser cultivado maioritariamente em vasos, ele também têm muito a acrescentar aos jardins de pedra. Isolado ou junto com outras suculentas ele dá um grande charme aos canteiros pedregosos, com uma certa inspiração desértica. 

Além disso, tem um grande efeito decorativo, ideal para adornar interiores, sobre aparadores ou mesinhas, que sejam iluminadas pelo sol por pelo menos algumas horas do dia.

Presta-se também à cobertura de solos em locais secos, devido à sua tolerância à seca. Escolha locais onde não haja pisoteio. Em vaso ou no solo o Mammillaria elongata é uma presença obrigatória na coleção de todo apreciador de cactos e suculentas.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.