Ornamentais Plantas

Dama-da-noite: suas flores só abrem a noite e exalam um perfume único

Outros nomes comuns para esta planta são jasmim noturno, jasmim-de-cheiro, senhora-da-noite e rainha-da-noite. As flores da dama-da-noite exalam um doce perfume nas noites de verão.

A dama-da-noite (Cestrum nocturnum) é uma planta arbustiva, de textura semi-lenhosa que pertence à família  Solanaceae. Nativa das Índias Ocidentais no Caribe, a dama-da-noite é muito popular devido ao aroma inebriante de suas flores. Ela apresenta caule ereto e ramificado, com ramos sinuosos, a princípio eretos, mas tornam-se pendentes nas pontas. Seu porte é médio, geralmente 1,5 metros, mas pode atingir até 4 metros de altura. Suas folhas são simples, perenes, ovais a lanceoladas, brilhantes, coriáceas e sustentadas por longos pecíolos.

As abundantes inflorescências surgem na primavera e verão, carregando numerosas flores tubulares, de coloração creme-esverdeada, que exalam um intenso perfume, principalmente à noite. Os frutinhos que se seguem, são bagas, de coloração branca, translúcidos.

Flores da dama-da-noite abertas durante a noite.

A principal característica desta planta é o perfume noturno que exala e que se sente à distância. Num jardim pode estar isolada ou em grupo, podendo manter-se em vaso ou em floreiras num terraço com muito sol. A floração é tanto mais abundante quanto maior a exposição solar. Nas regiões mais quentes há quem prefira plantar em meia sombra para a floração não ser tão exuberante e atenuar assim a intensidade do perfume.

Como se trata de uma planta originária de regiões tropicais da América Central, não suporta Invernos com temperaturas muito baixas onde as geadas são frequentes e onde as temperaturas atingem valores abaixo dos 0ºC com muita regularidade.

Flores da dama-da-noite fechadas durante o dia

Significado da Dama da Noite

Segundo a sabedoria popular, a dama-da-noite tem o poder de realizar desejos. Reza a lenda que, nos dias de floração, todas as pessoas que fazem pedidos ao arbusto são atendidas.

De acordo com a cultura asiática, as flores do arbusto contribuem com a elevação espiritual. Quando a luz do dia se vai, o perfume se propaga e acende o espírito humano. Esperança, felicidade e amor são sentimentos nobres que também estão associados a essa planta.

cestrum nocturnum coberto por bagas contendo sementes (geralmente 4 ou 5 sementes por baga)

Dicas gerais para o cultivo da dama-da-noite

Quem pretende ter uma Cestrum nocturnum em casa não precisa se preocupar com cuidados contínuos, afinal, trata-se de uma planta rústica. Em todo caso, vale a pena seguir algumas recomendações para não errar no cultivo:

Clima

Para crescer forte e saudável, a dama-da-noite deve ser cultivada em uma região de clima subtropical ou equatorial. Em outras palavras, o local deve ser quente e úmido.

Procure plantar a espécie em uma área de pleno sol, caso contrário, a liberação do perfume durante a noite pode ser comprometida. Condições de meia sombra reduzem a floração e, consequentemente, a fragrância.

Solo

Cestrum nocturnum pede um solo com boa capacidade de drenagem e do tipo arenoso. Para enriquecer esse substrato, os especialistas recomendam usar material orgânico como adubo (resíduos animais e vegetais).

Para a dama-da-noite dar flores, além de planta-la em área com sol, você deve utilizar adubo NPK 04-14-08. Siga as recomendações do fabricante do fertilizante para uma aplicação adequada.

Irrigação

Com relação às regas, a espécie deve receber água duas vezes por semana no inverno. Na temporada de calor, a recomendação é irrigar a cada dois dias. Sempre que o solo estiver seco, você deve molhar um pouco o arbusto.

Mudas

Para fazer mudas de dama-da-noite, basta cortar estacas de 30 cm da parte lenhosa e plantar em saquinhos. O processo de plantio deve ser realizado durante a primavera, quando os ramos estão mais bonitos e saudáveis.

O cultivo da dama-da-noite também pode ser feito através das sementes geradas pelas flores. Nesse caso, as sementes colhidas no outono devem ser colocadas em um local com condições para gerar um novo exemplar da espécie, durante a primavera.

Podas

As podas são altamente recomendadas, especialmente após a floração principal. O ideal é podar uma vez por ano para manter os arbustos com tamanho compacto.

Atenção!

Todas as partes da planta são venenosas. Os princípios tóxicos presentes no caule, nas folhas e nas flores causam sintomas desagradáveis em caso de ingestão, como dores de cabeça, alucinações, náuseas, vômitos e espasmos musculares.


Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.