Plantas Suculentas

Echeveria elegans: suculenta rosa de pedra ou bola de neve mexicana

Echeveria elegans é uma suculenta de formato geométrico semelhante a uma rosa, por isso o nome popular ‘Rosa de Pedra’.

Essa planta pertence à família das crasssulaceae e ao gênero das echeverias, e também é conhecida pelo nome de bola de neve mexicana, porque a origem da rosa de pedra são os áridos desertos do México. Como boas suculentas, ela é capaz de armazenar grandes reservas de água em seus tecidos para poder enfrentar períodos de seca.

Caracteriza-se pelo seu modo de crescer, formando rosetas de folhas sem caule que podem atingir de 5 até 20 centímetros de diâmetro. Essas folhas são arredondadas, carnudas, de cor verde-azulada e algumas geralmente têm uma borda rosa.

A Echeveria Rosa de Pedra tem crescimento relativamente rápido. Suas flores são pequenas, amarelo-rosadas, reunidas em inflorescência terminal de uma haste que também tem a cor rosada. Ela floresce principalmente nos meses mais quentes.

Cuidados Essenciais para Echeveria Elegans

Em geral, as suculentas são plantas que exigem poucos cuidados. Por isso, as rosas de pedra não são muito exigentes. Veja algumas dicas a seguir:

Como plantar e transplantar

Muito utilizada para cobrir jardins , mesmo em rochedos, também pode ser em vaso , adapta-se facilmente a qualquer tipo de terreno , desde que tenha boa drenagem . É muito importante que eles não acumulem água.

É melhor transplantar a rosa de pedra no início da primavera e trocar o vaso apenas a cada 3 ou 4 anos, às vezes até mais, seu crescimento é lento.

Interior ou Exterior

Esta extraordinária planta aceita estar no interior ou no exterior , desde que reúna as condições para a sua adaptação. Dentro de casa deve ser em uma sala bem iluminada , com luz natural .

Se você vai tê -la ao ar livre, é aconselhável tê-la em pleno sol, e mais ainda durante o período de floração, você verá como pouco a pouco suas folhas adquirirão cores mais intensas.

Temperatura

É uma planta altamente resistente a altas temperaturas e pode tolerar algumas geadas de -3ºC. Para não fazê-la sofrer, é conveniente protegê-lo do orvalho e da geada, mas acima de tudo da neve, o gelo danifica e queima suas folhas.

Irrigação

É muito resistente à seca , então sua irrigação será muito moderada , um excesso de umidade e irrigação pode matá-la, apodrecendo suas raízes e criando fungos nela. Nunca molhe as folhas e no inverno, reduza ao mínimo a rega .

O ideal é esperar que o solo seque antes de regar novamente. Para fazer isso, insira o dedo dentro do solo, se o interior do solo estiver seco, pode ser regado , se pelo contrário estiver úmido, é melhor não regá-lo.

Substrato e Fertilizantes

É preferível que o substrato seja úmido e arejado , o mais importante é que drene bem, então uma mistura de substrato de cultura universal com perlita, em partes iguais, é ideal. 

A questão do fertilizante não é necessária , são plantas que armazenam água e sais minerais dentro de suas folhas, mas não custa ajudar, sempre em sua estação ativa , na primavera.

Pragas e doenças

Muito resistente a pragas e doenças, seu principal inimigo é a umidadeo excesso de rega pode alimentá-la, acumulando alto nível em suas raízes e dando origem a fungos.

O mais importante é evitar o encharcamento da terra. O que pode matar sua planta e acabar com ela não será a cochonilha, mas a rega excessiva e, acima de tudo, a má drenagem.

Como fazer mudas de suculenta rosa de pedra

Fazer mudas ou propagar rosa de pedra é uma atividade muito simples e bem interessante de se fazer com as crianças, pois ensina muito sobre o ciclo da natureza. Siga o passo a passo e descubra como fazer:

  1. Retire algumas folhas da planta mãe;
  2. Coloque as folhas escolhidas sobre uma folha de papel e deixe secando até a ferida cicatrizar (irá se formar uma espécie de película no local onde a planta filha se rompeu da planta mãe);
  3. Coloque as folhas em um vaso com terra fértil e levemente úmida e aguarde. Dali a alguns dias, novas folhinhas surgirão por brotamento!
  4. Se desejar, você pode plantar cada uma dessas folhas com brotos em vasos individuais.

Dar uma planta propagada por você mesmo é uma boa opção de presente para pessoas queridas.

Paisagismo

Usada para jardins de pedras, estilo xerófito, em conjunto com outras plantas de igual manejo como cactos e suculentas.

Seu cultivo em vasos individuais ou coletivos propicia uma excelente solução para sacadas ensolaradas, onde outras plantas não conseguem sobreviver.

A Echeveria fica excelente também como cobertura vegetal de canteiros de outras plantas, cobrindo o solo perfeitamente, sem que seja preciso colocar pedriscos ou cascas. Para isto, plantar um tipo somente, com espaçamento menor.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.