Suculentas

Echeveria ‘Purple Pearl’: suculenta Pérola roxa

A variedade ‘Purple Pearl’ é uma echevaria popular que pertence à família Crassulaceae. É caracterizada por sua bela e delicada forma, além da linda coloração roxa.

A Echeveria ‘Purple Pearl’ ou Pérola roxa é uma suculenta vistosa com folhas carnudas, ligeiramente arredondas e pontiagudas que cercam um caule central compacto em forma de roseta. As folhas exibem um lindo tom roxo, com um contorno rosado. As raízes são grossas e superficiais.

Têm muitas semelhanças com a Echeveria Perle ‘Von Nurnberg’, a mesma forma e tamanho, porém, a Echeveria ‘Purple Pearl’ possui um tom de roxo mais intenso.

A floração é outro ponto atrativo da planta, ela pode produzir várias inflorescências em simultâneo. As flores são rosadas e têm formato de sino, crescem em inflorescências de cerca de 30 centímetros de altura.

Como as demais Echeverias, a ‘Purple Pearl’ também tem pruína, uma espécie de cera sobre a superfície das folhas, que a protege do ataque de insetos, do calor excessivo e da chuva. Se passarem o dedo a folha fica manchada e não regenera.

Como cuidar da ‘Echeveria Purple Pearl’

Echeveria 'Purple Pearl': suculenta Pérola roxa

Condições de cultivo favoráveis

A Echeveria ‘Purple Pearl’ é uma suculenta que aprecia bastante luz, pelo menos quatro horas de exposição ao sol por dia. Quanto mais luz receber mais tende a ficar com um lindo tom arroxeado. A falta de luminosidade pode favorecer o estiolamento da planta.Não use solos argilosos pesado, pois ele tende a reter muita humidade e pode levar ao apodrecimento da raiz da suculenta.

Como a maioria das suculentas, a Echeveria ‘Purple Pearl’ requer um solo bem drenado. Uma mistura que permita um bom arejamento das raízes. Essas características são encontradas em um substrato indicado para cactos e suculentas, mas também pode-se preparar essa mistura em casa.

Manutenção da ‘Echeveria Purple Pearl’

Esta suculenta não apresenta grandes dificuldades de adaptação ou de trato e pode ser considerada uma espécie de fácil cultivo, desde que sejam seguidas as diretrizes básicas.

➢ A rega deve ser feita com moderação, somente quando o solo estiver seco. Se as raízes permanecerem encharcadas por muito tempo, elas correrão o risco de apodrecer. mas é preciso um equilíbrio, caso não regue a planta o suficiente, as folhas basais ficarão com aspeto desidratado e a suculenta para de crescer. 

➢ É importante evitar o acumulo de água nas rosetas, pois pode provocar podridão e surgimento de doenças fúngicas.

➢ Apesar de apresentar alguma resistência ao frio é recomendável proporcionar-lhe proteção contra as geadas durante o inverno.

➢ A Echeveria ‘Purple Pearl’ não é exigente quanto á adubação, basta usar um adubo equilibrado ou se preferirem um adubo especifico a cactos e suculentas a cada três meses. 

➢ Não é muito suscetível a pragas ou doenças. As folhas danificadas, secas ou com sinais de doenças devem ser removidas, porque podem atrair pragas de insetos ou dar origem a problemas com fungos. 

Echeveria 'Purple Pearl': suculenta Pérola roxa

Propagação da Echeveria ‘Purple Pearl’

Tal como as outras Echeveria, a multiplicação faz-se pelo destacamento das pequenas rosetas que possam surgir ao longo do caule e pelo enraizamento das folhas. Outro modo de propagação passa pela decapitação da planta.

Corte o topo da roseta e deixe o caule decapitado no próprio vaso. Ao fim de algum tempo vão surgir pequenas mudas ao longo do caule. Uma vez que alcancem 2,5 cm a 3 cm de diâmetro, pode cortá-las e plantá-las. O topo da roseta cortada também é utilizado para gerar uma nova planta.

Remova as folhas basais da  deixe o corte secar por alguns dias para proporcionar a selagem que vai impedir a contaminação da suculenta. Depois destes procedimentos plante a roseta.

Echeveria 'Purple Pearl': suculenta Pérola roxa

Resumo

Nome Científico: Echeveria ‘Purple Pearl’

Família: Crassulaceae

Gênero: Echeveria

Nomes comuns: Pérola roxa

Gostou desse artigo? Você já conhecia ou cultiva a Echeveria ‘Purple Pearl’? Deixo-nos saber nos comentários!

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.