Cactos

Figueira da Índia: Tudo o que você precisa saber sobre esse cacto!

A figueira da Índia é um cacto bem exótico e robusto, que dá um fruto refrescante e suculento. Esse cacto também possui propriedades curativas e também valor histórico.

Por todos estes atributos e outros mais, este conteúdo traz mais informações sobre as qualidades, usos e benefícios, simbolismos deste cacto e como ter essa preciosidade no jardim de sua casa.

Confira!

Origem

Apesar do nome popular – figueira da Índia – esse cacto surgiu no México há cerca de 9 mil anos.

Com o passar dos anos e a vinda de povos europeus para o continente americano, a fruta foi levada para o outro lado do mundo, onde começou a ser cultivada por diversos povos, tanto no Ocidente, quanto no Oriente.

Aqui no Brasil, esse cacto se adaptou bem e é popular principalmente na região nordeste.

Informações botânicas

A figueira da Índia, espécie Opuntia ficus-indica, pertencente à família Cactaceae. É típica de regiões de clima quente e seco, ocorrendo naturalmente em áreas que abrangem desde o sul dos Estados Unidos até o México.

Nomes populares

Esse cacto também é conhecido por outros nomes como:

  • Pera Espinhosa
  • Tabaibeira
  • Figo-do-diabo
  • Figo-da-Índia, Piteira
  • Tuna
  • Figueira-tuna
  • Palma
  • Figueira-da-Barbária
  • Figueira-do-inferno
  • Palma-gigante
  • Palma-graúda
  • Palma-da-índia
  • Palma-grande
  • Palmatória
  • Palma-redonda
  • Palma-santa
  • Palma-sem-espinho
  • Palma-azeda
  • Figueira-moura
  • Tabaibo
  • Tuna-de-Castilha

Características

A figueira da Índia é um cacto ramificado e de porte arbustivo, frutífero, amplamente cultivado nas regiões semi-áridas do mundo todo. Seus ramos constituem os cladódios, ovais e achatados, em forma de raquete e servem para o armazenamento de água e a realização da fotossíntese.

Como em todos os cactos, a figueira da Índia possui espinhos para diminuir a perda d’água por evaporação.

Ademais esse cacto apresenta as seguintes peculiaridades:

Raízes

Suas raízes não ultrapassam os 30 cm, no entanto são carnosas e apresentam características únicas de adaptação a ambientes desérticos.

Por isso, possui enorme resistência à estiagem e a seca.

Ramos

Os ramos são modificados e têm como função principal a fotossíntese.

Este ramos têm cerca de 30 a 60 cm de comprimento e 20 a 40 cm de largura, apresentam cor verde escura acinzentada e são recobertos por uma camada de cera.

Flores

As flores são grandes, vistosas e podem ser brancas, amarelas, laranjas ou vermelhas.

Frutos

O fruto que se segue, a partir das flores, é do tipo baga de formato variado, geralmente ovoide.

Dependendo do cultivar, o fruto pode apresentar cor amarela, laranja, vermelha, violácea ou marrom.

Tem a casca fina e tufos de espinhos finos na extremidade superior.

A polpa é suave, translúcida, gelatinosa, aromática e possui numerosas sementes negras, pequenas e lenticulares.

Benefícios do consumo do fruto

O consumo in-natura do figo da Índia traz os seguintes benefícios:

  • Melhora o sistema imunológico
  • Contribui para a saúde dos dentes e ossos
  • Ajuda no controle da diabetes
  • Previne o câncer
  • Ajuda a controlar o colesterol

Usos da figueira da Índia

Veja a seguir as diversas utilidades deste cacto:

Alimentação

Esta cactácea vem sendo utilizada há séculos na culinária de populações que habitam regiões de clima árido e semiárido.

As palmas podem ser consumidas em receitas de saladas e utilizadas na fabricação de conservas ou na produção de farinha.

Os cladódios podem ser consumidos como verduras e na composição de receitas culinárias.

Já o fruto costuma ser consumido in natura, além de ser usado na preparação de doces, sucos, licores, destilados, compotas e geleias.

Este fruto é muito suculento, doce e seu sabor lembra o da melancia bem doce.

Forragem para criação de animais

Esse cacto também é costumeiramente usado como palma forrageira e é utilizado como alimento para o gado, principalmente na região nordeste do Brasil.

Paisagismo

No paisagismo, a figueira da Índia é a preferida para compor jardins de baixa manutenção ou de caráter mais árido e rochoso.

Também pode ser utilizada em renques (plantação em fileira), ou ser cultivada em vasos externos pois não tolera ambientes internos devido à pouca luz.

Planta medicinal

Além de sua utilização na alimentação, a figueira da Índia é tradicionalmente utilizada para fins medicinais.

Os frutos e os ramos da figueira da Índia possuem propriedades como:

  • Hipoglicêmica – Reduz a glicose alta
  • Maturativa – Facilita a supuração de um abcesso
  • Mucilaginosa – Age como espessante
  • Sedativa – Acalma
  • Vermífuga – Combate vermes
  • Antiprostática – Trata problemas da próstata
  • Anti-reumático – Age contra o reumatismo
  • Antitussígena – Combate a tosse
  • Cardiotônica – Tônica do coração
  • Colagoga – Aumenta a produção de bile pelo fígado, facilitando o processo digestivo
  • Adstringente – Reduz a oleosidade
  • Antiasmática – Combate a asma
  • Antidiarréica – Trata a diarreia
  • Antiescorbútico – Serve para o tratamento do escorbuto (causada pela falta de vitamina C)
  • Digestiva – Melhora a digestão
  • Diurética – Estimula a produção de urina
  • Emoliente – Suaviza a pele
  • Estimulante medular – Estimula a medula óssea na produção das células vermelhas do sangue
  • Hidratante – Promove a hidratação da pele

Devido a todas essas propriedades, é indicada para os seguintes casos:

  • Afecções respiratórias
  • Angina
  • Asma
  • Problemas circulatórios
  • Coqueluche
  • Diabetes
  • Afecções biliares
  • Afecções do fígado
  • Tosse
  • Tumor benigno da próstata
  • Úlcera
  • Verminose
  • Diarreia
  • Disenteria
  • Doença cardíaca
  • Reumatismo

SHOPEE.COM.BR

Fertilizante Adubo Para Cacto Npk 10 10 10 – 300g Pet

Modo de usar para fins medicinais

Para fins medicinais, pode-se utilizar a figueira da Índia das seguintes maneiras:

Infusão

  1. Colocar 1 colher das de sopa de flores em ¼ de litro de água quente
  2. Abafar e aguardar esfriar.
  3. Tomar 2 xícaras ao dia.

Cataplasma

Em uso externo, os cladódios são aplicados a quente (cataplasma) na pele irritada ou ferida.

Este método serve para tratamentos de pele, graças às propriedades maturativa, emoliente e hidratante.

Observação: Antes de fazer uso medicinal deste cacto, consulte o médico para averiguar se de fato pode ajudar no seu caso médico específico.

Cultivo: como plantar e cuidar da figueira da Índia

A figueira da índia é cultivada principalmente por causa de seus frutos.

A colheita de seus frutos deve ser realizada com cuidado devido aos espinhos.

Para ter sucesso no cultivo da figueira da Índia é preciso respeitar as condições adequadas que favoreçam seu pleno desenvolvimento, tais como:

Luz solar

Deve ser cultivada sob sol pleno.

Solo

Se dá bem em diversos tipos de solo, desde que bem drenáveis.

A figueira da Índia não é exigente em relação ao solo, por isso pode se desenvolver em solos com poucos nutrientes, de modo que apenas uma adubação leve seja o suficiente para o desenvolvimento desta planta.

Clima

Se dá bem em climas quentes e secos.

Umidade

Não tolera excesso de água, apodrecendo rapidamente a partir das raízes.

Regas

É extremamente resistente à estiagem, não necessita regas frequentes.

As regas devem ser bem espaçadas, sendo recomendado regar somente quando o solo estiver bem seco ao toque do dedo.

Salinidade

Não aprecia a salinidade no solo, assim como altos teores de argila.

SHOPEE.COM.BR

Figo Da India 10 Sementes De cacto

Propagação

Multiplica-se por estaquia dos ramos e por sementes.

Se a propagação for feita por estacas, basta remover um cladódio, deixar em um local arejado por alguns dias, para que o corte cicatrize, e plantá-lo em um vaso.

Já a multiplicação por sementes é um processo mais demorado e requer bastante paciência para que germinem.

No caso de fazer o cultivo deste cacto em vaso é recomendável utilizar um composto com terra, areia, pedrisco, argila expandida ou brita (pedra triturada).

O ideal é que o vaso não seja muito grande, em relação ao porte da planta, porque as raízes desse cacto não são muito volumosas, e por isso demandam menos espaço.

Simbologia Cultural

Este cacto é muito icônico para o povo mexicano, devido à sua relevância histórica que remonta a época dos astecas.

Este antigo povo ancestral do México governava e habitava a maior parte deste território durante o período do século XIV até o início do século XVI,

Os astecas tinham um mito religioso importante, relacionado a esse cacto, e que os levou à sua nova capital, Tenochtitlán, uma espécie de terra prometida para este povo.

De acordo com o mito deste povo, o deus asteca Huitzilopochtli teria indicado o caminho a essa nova terra, em direção ao Lago Texcoco.

Quando os astecas chegaram à terra predestinada, depararam-se diante de uma águia (que simboliza o Sol e o deus Huitzilopochtli) que estava empoleirada sobre um cacto com frutos vermelhos (que simbolizavam o coração humano). Então, a divindade se pronunciou dizendo as seguintes palavras:

Oh, mexicas, serás aqui!

Esse local se tornou a capital do futuro império asteca, Tenochtitlán (justamente onde foi encontrado o cacto).

A capital do Império recebeu o nome de Tenochtitlán, porque significa:

  • Tetl= pedra
  • Nochtli=tuna (fruto do cacto)
  • Tlan = lugar de

Esse cacto é tão emblemático para os mexicanos que faz parte do símbolo da bandeira dessa nação.

Este símbolo representa esperança, salvação, desenvolvimento, força e resistência para este povo. Diz respeito às suas raízes culturais e à origem do México.

Não é à toa que na linguagem das flores, o significado da flor deste cacto é dedicação e devoção.

Muito lindo!

Você já conhecia este cacto?

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.