Ornamentais Plantas

Fitônia: Um mosaico de pequenas folhas coloridas

Com folhas pequenas e elegantes que parecem um mosaico, a Fitônia é uma planta que enche de vida qualquer ambiente.

A fitônia (fittonia albivenis) é popularmente conhecida como planta-mosaico devido a sua grande variedade de padrão com nervuras em suas folhas. É uma planta perene e rasteira da família Acanthaceae que cresce rapidamente.

As folhas da fitônia são verde escuras, com nervuras que variam entre o branco, vermelho e amarelo. Seu formato é ovalado e atinge de 10 a 15 centímetros de altura – o que é ótimo para usar em vasos pequenos na decoração. Podem ter flores brancas ou amarelas cremosas no verão, contudo, elas tem pouca importância ornamental e muitos jardineiros costumam removê-las assim que aparecem.

As primeiros plantas foram introduzidas na Europa no final do século XIX. A fitônia é originária da floresta tropical úmida da América do Sul (Colômbia e Bolívia), onde a planta cresce como cobertura do solo à sombra das flores tropicais. 

Isso explica porque a planta prefere sombra à luz forte e também porque ela pode sobreviver facilmente em áreas úmidas e escuras. Em ambientes internos, a planta se adapta melhor a lugares bem iluminados. Coloque-as em aparadores próximos às janelas ou outras fontes de luz, como jardins de inverno. 

Folhas multicoloridas variegadas com estrias verde, branco, rosa.

Tipos de planta fitônia 

A planta fitônia pode ser dividida em dois grupos:

  • Verschaffeltii
  • Argyroneura. 

A diferença entre esses grupos está, principalmente, na coloração das plantas. A planta fitônia verschaffeltii é conhecida pelas folhas avermelhadas e rosadas, já a argyroneura possui veias brancas em destaque.

Porém, o processo de como cultivar fitônia é o mesmo para ambos. 

fitônia verde com nervuras brancas

Como cuidar de fitônia 

Esta bela folhagem é uma planta de interiores por excelência. Seu cultivo é relativamente fácil, para jardineiros com alguma experiência, sendo uma planta ideal para aqueles mais zelosos, que pecam por excesso de regas.

Em vasos e cuias, preferencialmente amplos e baixos, o arranjo arredondado desta pequena e delicada folhagem ficam bem valorizados. Decore diversos ambientes da casa, evitando áreas com correntes de ar, sol direto e ar condicionado. É perfeita para terrários fechados, em composição com outras plantas, adicionando interesse ao conjunto por sua textura e cor peculiares.

Em lugares com clima tropical úmido ou estufas, igualmente úmidas, a planta-mosaico também pode se prestar como forração para locais sombreados.

Fittonia albivenis em tonalidade vermelha

Luminosidade 

Coloque seu vaso de fitônia em ambientes iluminados, próximo a janela, mas sem ter contato direto com o sol. A fitônia gosta de sombra e água fresca. 

Uma forma de observar se a fitônia está recebendo a iluminação adequada, é por meio da cor das folhas. Se a cor estiver brilhante e intensa, a iluminação está boa. Mas se ficar opaca, é porque você precisa trocar ela de lugar.

Regas 

A fitônia gosta de umidade, mas evite encharcar a terra. O ideal é verificar de 2 em 2 dias se a terra está úmida. 

Dica: Você pode usar um borrifador para umedecer a fitônia na medida certa. Sempre que o solo estiver seco, é só borrifar água. 

Caso você tenha um pratinho, um dos cuidados que você precisa seguir é tirar a água dele. Assim as raízes da fitônia não apodrecem.

Solo 

A fitônia gosta de solo rico em matéria orgânica. Por isso, antes de fazer o plantio da muda garanta que o solo esteja bem adubado.

Outra coisa importante é manter a drenagem do solo, de modo que a água encontre passagem para sair e não ficar acumulada no fundo do vaso.

Poda

A fitônia cresce rapidamente nas condições certas e, se os caules crescerem com pernas compridas, arrancar as pontas manterá o crescimento cheio e espesso. Se preferir, quando as flores começarem a surgir, arrancar os botões também ajuda a manter a folhagem cheia.

Adubação

Como qualquer planta, a fitônia também precisa de adubação. Mas sem exageros. Adubo demais deixa a planta com as folhas marrons. O ideal é oferecer um adubo do tipo NPK 10-10-10 a cada dois meses, em média.

fitônia com folhas verdes profundas e padrão de veias de cor vermelha.

Como fazer mudas da fitônia 

Além de aprender como cultivar fitônia, é importante saber como fazer mudas para usar em vários ambientes da casa. 

Basta retirar um galho saudável de uma planta já adulta. 

O recomendado é que esse galho tenha em média 3 ou 4 pares de folhas. Em seguida, enterre esse ramo em um vaso com terra adubada. 

Mantenha a muda em um local iluminado, mas sem sol direto e regue com frequência.

Outra forma de fazer mudas de fitônia é pela divisão de touceiras. Nesse caso, escolha uma planta que tenha entre 2 ou três galhos e destaque uma dessas partes junto com a raiz e plante em um novo vaso.


Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.