Folhagem

Fórmio: Veja como é fácil cuidar dessa planta

O fórmio é uma planta originária da Nova Zelândia e tem o nome científico de Phormium tenax. Essa planta é versátil e muito comum na ornamentação de muros, chácaras, beira de lagos, entrada das casas, entre outros. Você pode plantá-lo em casa também e deixá-lo em vasos.

Nesse artigo você vai conhecer as características e os variados tipos de Fórmio e como cultivar essa planta. Confira!

Características do Fórmio

Essa planta tem como ponto forte as folhas. Em forma de lâminas, elas são eretas e podem alcançar até 3 metros de altura.

As inflorescências que surgem na primavera, são altas, com numerosas flores vermelhas e dependendo da variedade tem maior ou menor importância ornamental. As flores atraem beija-flores.

Enquanto na Nova Zelândia as folhas são usadas pelos nativos no artesanato local, aqui no Brasil elas se destacam em jardins por sua aparência única. E não é para menos, uma vez que cada espécie tem uma característica. Entre elas se destacam:

Fórmio Verde (Phormium tenax)

Phormium tenax (Fórmio Verde)

O fórmio verde talvez seja o que mais faz sucesso entre os amantes do paisagismo. Como é todo verde, o ponto forte dessa planta fórmio é justamente ser mais rústica.

Ela combina muito bem com outras plantas de aparência mais delicada, como é o caso do podocarpo. As características da planta fórmio a tornam perfeita para esse tipo de ambiente.

Fórmio Variegata (Phormium tenax variegata)

Phormium tenax variegata (Fórmio Variegata)

Como tem as bordas mais claras, a variedade variegata é um tipo de fórmio verde muito popular em áreas externas. Você pode apostar nele combinando com flores, pois as cores dão um contraste incrível ao jardim.

Fórmio Roxo (Phormium tenax rubrum)

Phormium tenax rubrum (Fórmio Roxo)

O fórmio roxo fica com sua cor ainda mais forte e com um efeito lindo quando expostas ao sol. Por isso, a sugestão é deixar em áreas amplas e que peguem sol, para criar uma paisagem maravilhosa e sem esforço.

Cuidados Com a Planta Fórmio

Se você pensa que é difícil cuidar da planta fórmio, está bastante enganado. Ele pode ser cultivado em vasos ou junto a muros ou lagos. Isso quer dizer que essa espécie se adapta a uma variedade de climas e deve e deve ser plantado a pleno sol ou meia sombra, dependendo da espécie.

Fórmios de cores claras com listras, tendem a queimar ou desbotar as folhas quando a pleno sol em regiões muito quentes, sendo melhor seu cultivo a meia sombra.

Rústica, cresce bem em ambas as condições, em solos firmes como planta ornamental e em solos encharcados como planta aquática.

Quando plantado em solo firme, o mesmo deve ser fértil, rico em matéria orgânica, drenado e mantido úmido.

Mas atenção, pois como as folhas são compridas, elas podem acumular água. Uma dica é, quando você regar, observar se a umidade foi para a terra ou não.

No início da primavera, adubar com NPK 10-10-10, seguindo a orientação do fabricante. Sempre regar primeiro antes de fertilizar para evitar queimar as raízes.

Quando surgem as flores, a planta perde um pouco sua elegância e imediatamente podem ser removidas, mas são flores ricas em néctar e atraem muitos beija-flores.

E pra quem não curte ter muitos cuidados, as espécies de planta fórmios são perfeitas. Você só precisa podar se quiser, pois essa espécie só cresce em altura e, nesse momento, ganha volume.

Caso tenha uma área grande em casa, tem total liberdade para criar paisagens maravilhosas só com o fórmio verde e suas variantes, uma vez que as variedades de tons da folha dão um charme especial. Vale usar todas as espécies, inclusive.

Propagação

Multiplica-se por sementes e por divisão da touceira.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.