Hortaliças Plantas

Gengibre: veja como é simples cultivá-lo em casa

Nativo da Ásia, o gengibre é uma raiz tuberosa usada tanto na culinária quanto na medicina. Conhecido pelo nome científico de Zingiber officinale é uma planta da família das Zingiberaceae, a mesma do açafrão-da-terra.

A planta foi levada para a Europa durante as Cruzadas, tendo se propagado por todo o continente. No Brasil, o gengibre foi introduzido pelos portugueses por volta do século XVI.

O gengibre pode medir até 1m de altura, possui folhas verde-escuras, caule grosso e subterrâneo, além de flores tubulares. Suas propriedades medicinais são conhecidas a milhares de anos atrás. De fato, o gengibre é indicado para amenizar os sintomas de gripes, resfriados, tosses e outras doenças respiratórias. É o rizoma da planta, isto é, seu caule subterrâneo, que é aproveitado na maioria dos casos.

Os rizomas também podem ser utilizados na culinária, no preparo de temperos, molhos e doces, ou consumidos em sua forma crua.

O gengibre também é um reconhecido alimento termogênico, que pode ser capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal.  

O melhor de tudo, é que o gengibre é uma planta muito fácil de cuidar, podendo ser cultivada dentro de casa para se ter sempre à mão esse superalimento medicinal.

Como resultado, conseguirá um alimento que se tornará um grande aliado da saúde. Veja como é simples cultivar gengibre em casa:

O que se deve saber antes de plantar gengibre

O gengibre é uma raiz que cresce com sucesso em lugares de sombra parcial, por crescerá  facilmente dentro de casa. Embora possa ser semeado em um vaso de barro, também pode utilizar uma panela grande de pouca profundidade, que dará o espaço ideal para crescer adequadamente.

As raízes crescerão de forma horizontal, assim saiba disso na hora de escolher o vaso de barro, recipiente ou panela em que deseja semear.

Quando a raiz já estiver crescendo, podem ser tomadas pequenas partes sem que isso seja um impedimento para o seu desenvolvimento no vaso.

Desse modo, pode-se tomar pequenas porções de gengibre para acrescentar aos seus pratos, fazer vitaminas ou tomar chá.

Como plantá-lo?

Na hora de comprá-lo, escolha muito bem os que não apresentarem rugas, aqueles que não estejam moles, nem tenham mofo. A raiz que será utilizada deve estar firme e deve ter algum broto de cor verde.

Se tiver vários brotos, esses podem ser cortados e colocados em diferentes vasos de barro para obter várias plantas.

É muito importante comprar o gengibre em um lugar de confiança e preferentemente onde se encontrem produtos orgânicos. Embora no mercado local existam diferentes seções, esses costumam não ser tão bons para o cultivo, já que nas lojas costumam borrifá-lo com um inibidor de crescimento que evita sua germinação, inclusive se for plantado no solo.

Somente algumas pessoas tiveram sucesso ao cultivar gengibre com uma raiz de supermercado. Se não conseguir em outro lugar, assegure-se de seguir as recomendações e, antes de semeá-lo, deixe-o toda a noite em água para eliminar pesticidas e outras impurezas.

Para plantá-lo precisará de:

  • 1 pedaço de rizoma de gengibre.
  • 1 vaso de barro ou panela de 40 cm de profundidade e o mais larga possível.
  • 1 parte de abono ou de húmus de lombriga.
  • 3 partes de terra ecológica.

Passo a passo do cultivo

  • Em primeiro lugar, coloque para hidratar a raiz em água morna durante toda a noite, para prepará-la para a semeadura.
  • Em segundo lugar, preencha o vaso de barro ou a panela com uma parte de abono ou de húmus de lombriga e três partes de terra ecológica.
    Saiba que a terra deve estar esponjosa e bem arejada para que possa drenar bem a água.
  • Em terceiro lugar, ponha a raiz de gengibre na terra, com o broto apontando para cima, e preencha com uma ou duas polegadas adicionais de terra.
  • Em seguida, umedeça a terra, embora não em excesso. Depois, coloque a panela de gengibre em um lugar quente, mas sem excesso de calor.
  • Depois, mantenha a umidade da terra constantemente.
  • Por fim, o melhor é mantê-lo, durante seu primeiro estágio de desenvolvimento, em uma zona onde receba pouca luz e a uma temperatura de 20 ºC. Nunca deve estar exposto a uma temperatura menor do que 10 ºC.

Essa é uma planta de crescimento lento que requer moderadas dose de calor e umidade. A partir da semeadura, deve assegurar de que a terra permaneça ligeiramente úmida e de que a planta esteja em uma temperatura adequada.

Passados 3 ou 4 meses desde que tenha começado o seu crescimento, já podem ser colhidas algumas pequenas partes.

Para isso, separe um pouco de terra da beira e encontrará os rizomas. Corte a quantidade necessária e cubra de novo com a terra para que continue o seu crescimento.

Chá de Gengibre com Limão e Mel

Receita de Chá delicioso e quentinho feito com gengibre, mel e limão:

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de raiz de gengibre ralada
  • 2 colheres (sopa) de mel
  • 2 fatias de limão
  • 2 xícaras (chá) de água quente

Modo de preparo

Em uma panela, coloque o gengibre, o mel e o limão e aqueça brevemente.

Acrescente a água quente e ferva por cerca de 3 minutos. Sirva.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.