Flores

Lavanda: Encha sua casa de beleza e perfume cultivando essa planta

Lavanda é uma planta normalmente citada por sua cor e aroma, o seu óleo essencial pode proporcionar incríveis benefícios para a saúde. O nome “lavanda” deriva da raiz latina “lavare”, que literalmente significa “lavar”. O uso mais antigo de lavanda data do antigo Egito. Lá, o óleo essencial de lavanda é conhecido por desempenhar um papel no processo de mumificação.

Durante os tempos posteriores, a lavanda tornou-se um item para banho em várias regiões, incluindo a Pérsia, a Grécia antiga e Roma. Essas culturas acreditavam que plantar lavanda e usa-la ajudava a purificar o corpo e a mente.

O tipo de lavanda mais comum no Brasil é Lavandula dentata, mas outras espécies também são utilizadas com frequência, como a lavandula angustifolia, também chamada de lavandas inglesas.

Lavandula dentata tem flores de um lilás acinzentado, hastes curtas e folhagem densa. Gosta tanto de sol que possui um mecanismo interno para detectar em que época do ano os dias ficam mais longos do que as noites, para então florescer por todo o verão.

Para que a planta fique com um aspecto mais bonito, pode as flores assim que secarem – elas rendem saquinhos perfumados para as roupas – e apare a folhagem no começo da primavera.

Dicas para cultivar lavanda

Iluminação que a lavanda deve receber para crescer bonita: quanto mais luz, calor e sol ela receber, mais óleo essencial irá produzir e mais cheirosa e vigorosa será. Dentro de casa, deve ficar ao lado de janelas, para receber bastante iluminação.

Como é a rega da lavanda: as mudas novas precisam ser regadas diariamente, mas sem deixar encharcar. Depois, basta regar a cada dois dias ou até uma vez por semana em períodos com muita umidade no ar. Nunca deixar prato com água sob o vaso!

Como é o cultivo da lavanda : a lavanda é uma planta perene, podendo viver até 15 anos. Pode ser cultivada no campo ou em vasos, a partir de sementes ou mudas. O solo deve ser mais arenoso, preparado com uma mistura de areia, terra e composto orgânico. Depois que se acostuma ao lugar, a lavanda resiste bem tanto a períodos de seca quanto à geada, o que a torna especialmente boa para quem mora no Sul do país e em regiões serranas.

Como cuidar da lavanda em vaso: no vaso, é preciso cuidar da rega, para não deixar o solo encharcado. A alta umidade favorece as doenças fúngicas. Ela precisa de seis a oito horas de sol diariamente. A adubação com nitrogênio é recomendada.

Qual a temperatura ideal para cultivar a lavanda: a lavanda prefere climas quentes e moderadamente secos, invernos suaves e verões ensolarados; é sensível à geada.

Substratos que ajudam a lavanda a crescer melhor: as lavandas crescem em solos e substratos bem drenados, com pH entre 5,5 e 8,3. Em vasos, deve-se usar substrato com boa drenagem e fazer fertilização com NPK 10-10-10 (10 g) mensalmente.

Como fazer muda de lavanda: a lavanda pode ser semeada ou multiplicada a partir de estacas. A semeadura deve ser realizada durante o outono em regiões de clima ameno, e no início da primavera em regiões mais frias. As sementes são depositadas sobre o solo e cobertas com fina cama de terra, em função do vigor delas.

Caso a semeadura seja feita em potes, deve-se colocar de três a quatro sementes. Esses devem ser expostos ao sol. No Brasil, a forma mais comum de propagação é por estacas, devido ao baixo custo. Para isso, retire as estacas das pontas dos ramos mais fortes. Elas devem ser de 0,10 m de comprimento, e suas extremidades cortadas em bisel.

Passe canela em pó na ponta (que vai ficar fora da terra). Retire as folhas da parte de baixo. Essas estacas podem ser plantadas em copos plásticos, onde permanecem até o enraizamento (de quatro a seis semanas). Depois pode ser transferida para vasos ou campo!

Outros cuidados com a lavanda : para a implantação no campo, recomenda-se fazer análise de solo, pois, se esse apresentar alto nível de nitrogênio, as plantas poderão produzir mais caules e menos flores. Dependendo da fertilização realizada, podem dar maior ou menor rendimento em óleo essencial.

Seguindo todas, você consegue plantar qualquer muda de lavanda aí na sua casa, seja em vasos ou no jardim. As flores são lindíssimas e seu lar ficará um charme.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.