Hortaliças Plantas

Louro: como plantar essa planta em sua casa

 Laurus nobilis, popularmente conhecida como louro é uma árvore do gênero Laurus da família botânica das Lauraceae que, geralmente, atinge menos de 10 metros de altura, mas que pode chegar a atingir 18 metros.

Suas folhas são usadas como condimentos culinários e inclusive estão presentes em alguns medicamentos, assim como os seus frutos.

É uma planta mediterrânica e caracteriza-se principalmente pelo seu cheiro. Para utilizá-lá na culinária, podemos comprar o louro já pronto e desidratado em mercados e mercearias, entretanto, outra possibilidade é de plantarmos o condimento em nossas casas.

Se tiver espaço suficiente, você pode ter louro em sua casa ou no jardim para poder assim desfrutar sempre do seu aroma e das suas propriedades benéficas para o organismo. Confira!

Como plantar louro

Solo ideal

Para o plantio, é ideal que o solo seja bem drenado, fértil, rico em matéria orgânica e com pH entre 6,6 e 7,5. Contudo, a planta é bastante tolerante quanto ao solo, desde que seja bem drenado.

Luminosidade e Clima

O ideal é que o cultivo receba luz solar direta. Porém, o desenvolvimento também ocorre em sombra parcial.

Pra cultivar louro, o clima deve ser ameno. Porém, a planta pode suportar baixas temperaturas, desde que seja protegido do vento e de geadas.

Regas

A água em excesso prejudica as raízes, portanto, irrigue de forma que o solo fique sempre levemente úmido.

Propagação

Assim como inúmeras plantas, o louro pode ser propagado por sementes ou estaquia.

As sementes podem levar um longo tempo para germinar, consequentemente as mudas demoram a crescer. Sendo assim, o método preferido geralmente é o plantio de pedaços de ramos semilenhosos, com 10 a 25 cm de comprimento.

É importante lembrar que o solo deve ser mantido úmido até o enraizamento.

Cultivo do louro em vasos

O louro também se adapta bem aos vasos grandes, o que é recomendado para quem tem pouco espaço.

Assim, a planta tem seu crescimento limitado e permanece menor, com até dois metros de altura. No entanto, é necessário adubar com mais frequência.

Também é necessário retirar a planta, cortar até um terço das raízes e replantar com novo solo a cada 2 a 5 anos. O replantio depende do tamanho do vaso ou contêiner e do tamanho da planta.

É muito importante lembrar que é necessário retirar as ervas invasoras que estiverem concorrendo por recursos e nutrientes, principalmente quando o cultivo é realizado em vasos.

Colheita

A colheita acontece quando a planta estiver bem desenvolvida. Então, retire parte das folhas para consumo no fim do verão ou  no começo do outono.

As folhas secas têm um sabor mais forte, que desaparece com o passar do tempo.

Faça a colheita das bagas e deixe-as na sombra para secar. É necessário que existam plantas masculinas e femininas na região para que as plantas femininas produzam frutos.

Muitas vezes o loureiro não floresce em regiões de clima diferente do clima de sua região nativa.

Produtos que podem te interessar

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.