Flores

Ludisia Discolor: Você conhece a orquídea pipoca?

Se você gosta de orquídeas mas sempre teve aquele receio em relação aos cuidados, saiba que a Orquídea Pipoca, além de linda e delicada, é bem fácil de ser manuseada.

A Orquídea Pipoca, também conhecida de forma científica, como Ludisia Discolor, apresenta um nome bastante sugestivo e provém, justamente, das flores dessa espécie, que são pequenas, delicadas e brancas com algumas manchinhas em amarelo – o que faz com que se assemelhem bastante a uma pipoca mesmo. 

Além disso, é também uma Orquídea um pouco diferente das demais: no caso, as suas folhas são aveludadas e tem uma coloração verde com detalhes em vermelho – que também podem ser puxados para o rosa. Com as folhas nessa tonalidade, o contraste com as cores das flores fica incrível.

Se você quer entender melhor sobre a Orquídea Pipoca, os cuidados necessários e os detalhes para o seu crescimento e floração, é só continuar acompanhando o artigo abaixo até o final.

Características da Orquídea Pipoca

Diferente das demais espécies de orquídeas em diversos aspectos, a Orquídea Pipoca, também consegue convergir em diversos pontos, inclusive, em relação aos cuidados.

Apresenta um caule carnudo em tom de vinho e, normalmente, a parte de trás de suas folhas tem um tom mais rosado, o que também colabora bastante para o seu valor ornamental.

É uma orquídea terrestre e, dessa forma, seu plantio é feito apenas em substrato comum (diferente de outras espécies de orquídeas que precisam de substratos específicos ou troncos).

Além disso, também é caracterizada como uma planta resistente, fácil de cuidar e de fácil manutenção. Por esse e outros motivos, é ótima para quem deseja se aventurar e começar a plantar orquídeas em geral.

Floração da Orquídea Pipoca

Se você deseja ver as flores da Orquídea Pipoca, é importante ressaltar que a floração, normalmente, acontece durante o inverno e no começo da primavera.

As flores, que medem por volta de 2 centímetros, podem durar bastante e, além de tudo, atraem borboletas.

Como cultivar a Orquídea Pipoca?

É possível encontrar as mudas da Orquídea Pipoca em lojas de paisagismo, e floriculturas, no entanto, são ligeiramente mais raras que as demais.

Ao mesmo tempo, por ser uma espécie muito adaptável, popular e com possibilidade de ser usada dentro das casas, sua popularidade só vem aumentando. 

O cultivo da Orquídea Pipoca, pode acontecer em vasos. No caso, ela consegue se adaptar bem a materiais como plástico, cerâmica e barro, desde que tenham furos.

A camada de drenagem, inclusive, é bastante importante para o plantio da Orquídea Pipoca – justamente para que a água não acumule nas raízes e isso gere apodrecimento.

As mudas da Orquídea Pipoca são feitas, normalmente, através de estacas. Os ramos podem ser retirados quando já adultos e cortados em duas partes, sempre mantendo as folhas acima do corte.

Orquídea Pipoca: como cuidar?

Chegou o momento de falarmos sobre os cuidados específicos com a Orquídea Pipoca.

Apesar de ser uma espécie que não tem muitos segredos nesse processo, é importante atentar-se à quantidade de sol direcionada a ela e ao processo de rega, dois pontos super importantes para o sucesso do plantio.

 Acompanhe abaixo com mais detalhes!

Clima

A Orquídea Pipoca prefere locais com temperatura estável e com boa umidade. No caso, se você está em uma região mais seca, a dica é deixar o prato abaixo do vaso, com pedrinhas constantemente molhadas, para melhorar a qualidade do ar.

Além disso, é uma espécie que é melhor cultivada em meia sombra. No caso, 2 horas de sol na parte da manhã ou tarde já são suficientes para o seu desenvolvimento. 

Solo

O substrato ideal para a Orquídea Pipoca é aquele padrão que sempre falamos por aqui, ou seja: fértil, enriquecido com bastante matéria orgânica e drenável também. Se quiser, é oportuno misturar cascalho no substrato para mantê-lo bem arejado também.

Poda

A poda da Orquídea Pipoca é um processo voltado para a renovação da planta. 

No caso, o momento ideal é após a floração, assim que as flores caem – e desde que os ramos estejam mais secos. Cuidado para não cortar algum broto nesse processo.

Regas

As regas da Orquídea Pipoca são consideradas moderadas e, por isso, devem ser feitas 2 a 3 vezes na semana quando a estação for mais quente – mas verifique se o solo está seco antes de fazer o processo.

Além disso, tenha sempre bastante cuidado para não encharcar o solo.

Adubação

A Orquídea Pipoca não é obrigatória, mas você pode fazer esse processo até 3 vezes no ano. Normalmente, para isso, é possível usar adubos voltado para orquídeas ou o NPK 10-10-10.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.