Cactos

Mandacaru: como cultivar esse cacto, símbolo de força e resistência

O mandacaru é uma planta ornamental nativa da região Nordeste do país. Ela pertence à família dos cactos sendo conhecida por ser uma planta resistente e de fácil cultivo. Além disso, é muito versátil e se adapta bem a vasos, jardins e diversos ambientes. 

Cereus jamacaru, é o nome científico dessa planta cactácea nativa do Brasil. Ela é conhecida como símbolo do sertão nordestino e representa força e resistência. É uma planta é de fácil cultivo que se adapta com facilidade a diversos ambientes, ideal para jardineiros iniciantes.

Qual a diferença entre o cacto e o mandacaru?

Não há diferença entre cactos e o mandacaru, pois a planta é, na verdade, uma espécie de cactácea. No Brasil, o mandacaru é muito comum em regiões da Caatinga e do Sertão, por isso ele é muitas vezes confundido com outros cactos e plantas.

As flores do mandacaru  possuem a cor branca e medem cerca de 30 cm e florescem uma vez por ano

Quando o mandacaru da flor?

As flores do mandacaru  possuem a cor branca e medem cerca de 30 cm de comprimento, mas o mais interessante é o seu tempo de vida, elas florescem uma vez por ano, geralmente no meio da primavera, e dura apenas uma noite.

O que o mandacaru representa?

O Mandacaru é um cacto folclórico, muito conhecido dos moradores do semiárido nordestino. É considerada o principal símbolo do sertão brasileiro e representa força, esperança e coragem. A simbologia surgiu devido à resistência do povo nordestino, que enfrenta períodos de falta de chuva e seca no calor fustigante da caatinga.

Pode comer o fruto do mandacaru?

Além de ser um cacto de aparência rústica e possuir uma bela flor, o mandacaru também produz frutos. O fruto deste cacto é comestível e possui um sabor adocicado. Além disso, é muito apreciado por pássaros, insetos e animais que buscam saciar a sede em condições de clima bastante seco.

O Mandacaru é conhecida por ser uma planta resistente

Como cuidar de mandacaru?

O mandacaru é uma planta ornamental que pode ser cultivada tanto em vasos como em jardins. Embora seja um cacto muito resistente, ele também precisa de alguns cuidados básicos. Confira as dicas de cultivo:

1. Irrigação

O mandacaru é uma planta adaptada para sobreviver por longos períodos de seca, por isso ela pode receber regas em um grande intervalo de tempo. Para o seu cultivo em um apartamento ou em casa, o ideal é irrigá-lo aproximadamente uma vez na semana.

2. Adubação

A adubação é essencial para os cactos, pois garante que a planta fique sempre saudável. Para o seu cultivo, você pode utilizar adubos químicos (NPKs) ou orgânicos, uma vez que estes já garantem um bom resultado. O ideal é que o mandacaru receba adubo a cada dois meses.

3. Solo

O solo perfeito para o cacto deve ser drenável, principalmente se for cultivado em vasos. Nestas condições, é possível usar materiais como terra vegetal, areia e pedriscos.

4. Luminosidade

O mandacaru é uma planta que aprecia ambientes muito ensolarados, portanto pode ser cultivada em sol pleno. Para ambientes internos, o ideal é que a planta seja colocada em locais de grande incidência de luz solar, como as janelas.

5. Mudas

O mandacaru é uma planta de fácil propagação. Ela pode originar novas mudas por meio de estacas de pedaços do caule cortadas em tamanho de 20 a 30 cm. Além disso, podem se multiplicar por sementes.

Ninguém resiste ao charme do mandacaru cultivado em vaso

6. Plantio em vaso

O cultivo em vaso é a forma ideal de manusear o mandacaru com segurança e garantir um belo efeito decorativo. Para esse plantio, é importante que o vaso tenha um tamanho proporcional a planta e receba um substrato bem drenável.

7. Por quanto tempo vive o mandacaru?

Por ser uma planta muito resistente e durável, o mandacaru pode viver por muitos anos. Em condições ideais de cuidados, clima e ambiente, o cacto pode viver de 30 a 50 anos.

Por fim, lembramos que o mandacaru precisa de cuidados especiais quando é cultivado em ambientes internos. Nestes casos, ele precisa receber a luz do sol diretamente e não deve ser regado em excesso.

Produtos que podem te interessar

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.