Flores

Orquídea Phalaenopsis: Como cultivar a delicada Orquídea Borboleta

A conhecida Orquídea Borboleta é uma planta do gênero Phalaenopsis, com cerca de 75 espécies catalogadas. Também chamada de Orquídea Phalaenopsis, é uma das orquídeas mais fáceis de serem cultivadas e, por isso, se tornaram tão populares. Além disso, esse gênero é capaz de florir até 3 vezes por ano, desde que bem cuidadas.

Se você deseja aprender um pouco mais sobre a Orquídea Phalaenopsis, seus cuidados e cultivo, continue lendo esse artigo!

Características da Orquídea Phalaenopsis

Orquídea Phalaenopsis foi criada em 1825 por Carl Ludwig Blume, botânico holandês. O seu criador comparou suas flores a asas de borboletas ou mariposas, por isso, o nome Orquídea Borboleta.

É uma planta simples de cuidar e que pode ser mais fácil de manter do que você imagina. A adaptação da Orquídea Phalaenopsis é parecida em todas regiões no Brasil independe dos diferentes climas. 

No geral, são poucos os problemas com seu desenvolvimento. O ideal é sempre manter a  Orquídea Phalaenopsis em um ambiente com luz mas não sol pleno ou direto.

Além disso,  a Orquídea Phalaenopsis é considerada uma das favoritas para iniciantes em jardinagem. Este gênero apresenta boa resistência aos fatores ambientais adversos e esse é um dos motivos dessa espécie ser tão conhecida e disseminada. 

O fato de requerer pouca manutenção de acompanhamento e ter a capacidade de se desenvolver na sombra faz dessa planta ideal para ser cultivada dentro de casa e em qualquer cômodo.

Para manter a Orquídea Phalaenopsis, basta apenas alguns cuidados básicos como a escolha do substrato, que deve ser material de excelente drenagem, e o tamanho do vaso.

Além disso, as regas devem ser controladas de acordo com a umidade do substrato, lembrando sempre que o vaso precisa ter furos para drenagem.

Como cuidar da Orquídea Phalaenopsis?

Vamos abordar aqui os princípios básicos de cuidados com a orquídea borboleta. O principal deles é o amor pela planta e a disponibilidade/tempo para dar a atenção necessária.

Cuidados básicos

Os cuidados básicos para mantê-la saudável são:

  • Escolher um vaso que, além de bonito, tenha espaço para a planta se desenvolver;
  • Colocar cascalho ou pedras de jardim no fundo do vaso para facilitar a drenagem da água;
  • Trocar de vaso quando a planta crescer. Jamais deixe as raízes ultrapassarem o tamanho limite do vaso;
  • Completar o vaso com pedaços de madeira ou pedrinhas de aquário;
  • É sempre importante limpar e esterilizar a  tesoura e as demais ferramentas antes da poda para evitar a transmissão de doenças para a Orquídea Phalaenopsis;
  • Depois da poda, para cicatrizar a plantar, aplicar canela em pó;
  • Observar se ocorre a presença de pragas e doenças para combatê-las antes de causar estragos na planta;
  • Para controle de pragas, você deve diluir um pouco de detergente em água e borrifar na Orquídea Phalaenopsis;
  • Se as folhas ficarem escuras, é sinal que a Orquídea Phalaenopsis necessita de mais luz, por isso, troque-a de lugar para receber mais luz.

Preste sempre atenção na flor! São cuidados diários, mas são tarefas fáceis que garantem que sua orquídea fique sempre bonita e florida.

SHOPEE.COM.BR

Fertilizante Adubo Para Orquídea Npk 10 10 10 – 1Kg

Substrato e rega

O substrato ideal deve apresentar boa aeração e boa drenagem, por isso, é indicado usar fibra de coco, carvão, casca de arroz, casca de árvores e principalmente de pinheiros.

O ideal é misturar alguns deste produtos com brita, com isso, a drenagem e aeração estarão equilibradas. Evite usar terra e casca de pinheiros pois não são bons para a Orquídea Phalaenopsis. Por isso, você deve trocar o substrato a cada 1 ou 2 anos.

Sobre a rega, o ideal é que seja feita uma vez ou a cada dois dias por semana ou uma vez na semana, se estiver mais frio. A melhor água é da chuva, mas não tem problema se for regada pela da torneira.

É importante regar sempre na parte da manhã, para que o excesso de água possa evaporar durante o dia. Muita água pode ser fatal para a  Orquídea Phalaenopsis, provocando o apodrecimento das raízes e a morte da planta.

Para as regas deve-se ficar atento a quantidade de água, em excesso a água pode apodrecer as raízes e matar a planta.

Como plantar Orquídea Phalaenopsis? 

O cultivo da Orquídea Phalaenopsis é bastante tranquilo, como já mencionado. Elas se adaptam bem a ambientes mais quentes, com iluminação indireta ou sombra.

No início, é preciso regar as raízes quando elas estiverem ficando com a cor em um tom prata, normalmente, a cada 7 ou 15 dias. Em relação a adubação, é necessário acrescentar matéria orgânica apenas no período em que ainda está sem folha.

O vaso ideal para plantar a Orquídea Phalaenopsis é o vaso transparente, pois simula as condições naturais e permite a realização da fotossíntese. Além disso, o substrato precisa ter boa drenagem. 

Por fim, é importante ressaltar que na época da floração da Orquídea Phalaenopsis, as hastes mais altas precisam ser escoradas, pois assim os ramos velhos dão origem a novos.

No geral, a Orquídea Phalaenopsis pode ser cultivada em qualquer lugar e pode ficar junto das suas outras plantas, como a Rosa do Deserto e a flor Violeta, por exemplo.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.