Ornamentais Plantas

Palmeira Azul: Ideal para jardins grandes

De aspecto escultural, a Palmeira Azul ou Bismarckia é muito usada no paisagismo e faz muito sucesso em grandes jardins. É uma planta que necessita de muito espaço porque desde pequena a sua copa é bastante ampla.

A Palmeira Azul (Bismarckia nobilis) é uma espécie originária de Madagascar, pertencente à família Arecaceae. Planta perene, de crescimento lento, de até 12 metros de altura, mas em seu habitat natural pode chegar à 25 m. Introduzida no Brasil no século XX, a Bismarckia é altamente tolerante ao calor intenso, onde seu crescimento é mais rápido e sua coloração mais intensa. Esta é uma grande palmeira de porte majestoso, sua aparência fica incrível em clima tropical.

Suas folhas são grandes, eretas, cerosas, em número de 15 a 20, com formato de leque, palmadas, de cor azul prateada e sustentadas por fortes pecíolos. Quando as folhas velhas caem, deixam uma marca no tronco, que fica anelado. Ocorre ainda uma variedade de folhas verdes, que é menos resistente ao frio e à seca.

A floração ocorre na primavera, despontando inflorescências interfoliares, pendentes, ramificadas e com numerosas flores de cor marrom. As flores são menores e mais abundantes nos machos do que nas que fêmeas. Para produzir sementes férteis é necessário ter as plantas dos dois sexos próximas para que a polinização ocorra. Os frutos são do tipo drupa, ovóides e de cor marrom escura a preta quando maduros. Cada fruto contém uma única semente.

imagem: istockphoto

Como Plantar a Palmeira Azul

O local de cultivo deverá ser ensolarado, com muito espaço para o desenvolvimento de sua copa. O solo ideal é aquele rico em material orgânico, com boa drenagem.

O substrato de plantio é uma mistura particulada de composto orgânico, húmus de minhoca e areia em partes iguais, acrescentando adubo de curral curtido, cerca de 3 litros/ cova, acrescido de adubo granulado formulação NPK 10-10-10, cerca de 300 g.

Para plantar, abrir uma cova grande, mais larga que funda, maior que o torrão da muda, descompactando o fundo e as laterais para bom desenvolvimento das raízes.

Colocar a mistura de substrato, acomodar a muda e preencher as laterais com o restante. A terra retirada do buraco vai por cima, poderá fazer uma bacia, facilitando as regas.

Nas estações secas ou quentes, colocar um balde de água na cova antes do plantio. Regar todos os dias, inclusive o ponteiro da copa todos os dias por pelo menos 10 dias após o plantio.

Realizando o plantio desta forma não necessitará reposições de nutrientes, a não ser que seja um terreno muito arenoso onde estes percolam com facilidade.

Neste caso, a cada dois anos, colocar a mesma mistura de plantio ao redor da muda, numa distância de 50 cm do tronco, incorporando de leve ao solo e regando a seguir.

imagem: Istockphoto

Mudas e Propagação da Bismarckia

Para produzir mudas, utiliza-se os frutos, colhidos da planta ou os que estão no chão. Devem ser despolpados manualmente, lavados e colocados sobre papel toalha.

A semeadura poderá ser feita de duas maneiras:

  • Direta, feita em recipientes com substrato misto de areia, húmus de minhoca e composto orgânico, mantendo a umidade e em local sombreado. Não devem ser enterrados, mas mal cobertos com areia e a emergência demora de 2 a 5 meses. Após o crescimento da segunda folha poderão ser colocados em vasos individuais, aguardando a comercialização ou plantio na lavoura;
  • Pré-semeadura, muito usado em viveiros de produção quando são colocadas muitas sementes limpas da polpa dentro de um saco plástico com areia e composto orgânico. Umedecer o substrato levemente, fechar o saco plástico e deixar repousar em local protegido fora do sol. Examinar constantemente até a germinação e a emissão de pequena raiz. Quando puder ser manuseada esta pequena plântula poderá ser plantada em recipiente com o mesmo substrato de plantio. Minimiza o trabalho de ressemeadura para sementes inférteis.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.