Ornamentais Plantas

Palmeira Ráfia: purificadora natural de gases tóxicos

A ráfia é um tipo de palmeira muito usada em jardins e ambientes internos. É uma planta de grande beleza ornamental, de fácil cultivo e que se desenvolve bem em locais fechados. 

A palmeira ráfia (Raphis Excelsa) também conhecida como ráfis é uma elegante palmeira, ereta e entouceirada que pertence à família Arecaceae. Com múltiplos caules semelhantes ao bambu, revestidos com uma fibra rústica e marrom. As folhas são palmadas, plissadas, de coloração verde-escura e muito brilhantes. Possui ciclo de vida perene, isto significa dizer que ela vive um período maior que 02 (dois) anos, que é um tempo longo no reino vegetal. Originária da Ásia, é tão linda que era utilizada pelos japoneses para decorar o Palácio Imperial.

O que torna a ráfia tão especial

A ráfia é vista como uma planta que traz sucesso e atrai riqueza para o local onde é colocada. Por isso, além dos interiores de residências, também é um espécie muito indicada para empresas, escritórios e locais de trabalho. Além disso, é uma planta que ajuda a purificar o ar e eliminar gases tóxicos do ambiente.

Se plantada do lado de fora, a ráfia atrai muitos tipos de borboletas e pode até servir de abrigo para pássaros em nidificação. No entanto, isso geralmente não é uma boa ideia, a menos que você tenha certeza de que ela estará em uma área sombreada.

A pouca necessidade de cuidados atrai pessoas do mundo todo, e por ser uma planta que se adapta em qualquer ambiente, sem muita exposição ao sol, é super recomendada para iniciantes em jardinagem que pretendem cultivar sem exigir muita dedicação.

Como cuidar da ráfia

Essa planta exige apenas cuidados simples para se manter linda e saudável, descubra quais:

  • Sol: é uma planta que prefere ser cultivada na meia-sombra, mas tolera tanto locais com sol pleno ou sombra. Em interiores, deve ficar em espaços bem iluminados.
  • Temperatura: a temperatura mais indicada para o cultivo da palmeira ráfia é entre 16ºC a 28ºC. Isso quer dizer que ela se dá muito bem com as temperaturas médias de quase todo o Brasil, e é acostumada com o clima tropical e subtropical. No entanto, isso não quer dizer necessariamente que a palmeira não suporta temperaturas muito baixas. A planta também possui uma boa tolerância ao frio, de até 8ºC. A única recomendação de cuidados na hora de cultivá-la em baixa temperatura, é que você deixe-a exposta ao sol por 4 horas diárias

  • Rega: regue ao menos uma vez por semana e, caso necessário, aumente a frequência nos meses mais quentes do ano. É uma planta que adora receber água borrifada em suas folhas. Não tolera encharcamento, por isso, verifique sempre o solo antes de regar.
  • Como plantar: pode ser plantada em vasos ou canteiros no jardim. Em caso de vasos, lembre-se escolher um recipiente adequado para o tamanho da espécie, que pode atingir até 2m. Garanta também uma boa drenagem, colocando pedriscos no fundo.
  • Solo: se adapta muito bem em uma boa variedade de solos. Entretanto, o mais indicado para cultivá-la, certamente, é o solo areno-argiloso, pois a sua característica úmida, e também muito rica em matérias orgânicas, é perfeita para obter um bom crescimento da planta. O ideal é uma mistura natural de terra de jardim, terra vegetal, pó de xaxim ou composto orgânico, e areia, como um bom solo para plantar a palmeira ráfia. Misture todos esses itens em partes iguais e experimente usar a terra para o cultivo da palmeira.
  • Adubação: a palmeira ráfia não precisa de um solo muito adubado para o crescimento, pelo contrário, o excesso de adubação pode prejudicar a planta. A recomendação é de usar o clássico fertilizante líquido NPK no solo apenas uma vez por ano, de preferência durante a primavera, a estação que favorece novas plantações e trocas de vasos. A única orientação para o uso de NPK é sempre seguir o passo a passo indicado nas embalagens do adubo, não ultrapassar de 100 gramas por vaso e tomar bastante cuidado para não exceder o limite recomendado.

Pontas queimadas na palmeira ráfia

É bastante comum acontecer das pontas das folhas de palmeira ráfia ficarem com um aspecto queimado e seco, com uma coloração marrom. Descubra o porquê disso acontecer e como evitar:

Por que as pontas ficam queimadas?

Muitas coisas podem influenciar para as folhas da palmeira ráfia ficarem com um aspecto queimado. Os principais motivos são geralmente por falta de regas e excesso de adubação da planta. No entanto, em ambientes litorâneos, as folhas podem ficar queimadas por causa da salinidade e maresia.

O excesso de vento e temperaturas não indicadas também podem queimar as folhas da planta. Por ser uma planta tropical, a brisa da floresta é sempre fresca e suave, quando exposta a ventos fortes, a palmeira ráfia pode ficar ressecada e desidratada.

O mesmo ocorre quando faz muito frio ou muito calor. O frio rigoroso causa queimaduras nas folhas da planta que são bastante sensíveis, e o calor impedirá a transpiração adequada da planta.

Como evitar que as pontas fiquem queimadas

A melhor forma de evitar que as folhas da palmeira ráfia fiquem queimadas, é mantê-la sempre dentro de casa. Ela é uma planta majoritariamente indoor, portanto, ao cultivá-la em ambientes internos, com pouca exposição ao sol, ventilação e protegida das mudanças de temperatura bruscas externas, podemos evitar este problema.

Tomando os devidos cuidados na hora de adubar a terra e seguindo a recomendação das regas conforme as dicas anteriores, também evitará queimar as pontas da palmeira. A planta não exige grandes cuidados, portanto, se seguir a orientação, a planta nunca te dará trabalho.

O que fazer com uma palmeira ráfia com pontas queimadas

A melhor forma de cuidar da palmeira ráfia com pontas queimadas é descobrindo a causa e adicionando os devidos cuidados de acordo com essa causa. Verifique se o ambiente de cultivação da planta é adequado, se ela não está sendo muito exposta ao sol, se não há excesso de ventilação, etc. Não corte as pontas queimadas da ráfia. Ao cortar as pontas queimadas, saiba que você estará machucando a sua palmeira e isso não resolverá o problema, pois depois de alguns dias, a ponta cortada irá cicatrizar e permanecer com o aspecto seco. A melhor forma de cuidar da planta com folhas queimadas é resolvendo o problema ao descobrir o porquê dela estar com as pontas assim.

Ao descobrir a causa, é só mudar a forma de cuidado da planta, seguindo sempre as recomendações anteriores, e a sua palmeira deixará de ter mais pontas queimadas e suas folhas voltarão à coloração normal com o tempo.

Se você é um adepto(a) às decorações minimalistas e procura uma planta que não exige muitos cuidados para inovar a sua casa, saiba que a palmeira ráfia é perfeita para você!


Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.