Árvores Ornamentais

Pau-formiga: árvore majestosa de extremo valor ornamental

Triplaris americana mais conhecida pelo nome popular “pau-formiga” é uma árvore tropical majestosa, que impressiona por seu porte e florada exuberantes.

Sua copa tem formato colunar a piramidal, com tronco retilíneo, elegante e oco, abrigando formigas em seu interior, numa interessante relação de simbiose.

A madeira é leve, de baixa densidade e a casca é cinzenta e levemente fissurada. A folhas são grandes, ovaladas, glabras, membranáceas e simples.

Por ser uma espécie dióica (sexos separados), o pau-formiga apresenta indivíduos machos e fêmeas, que se diferenciam claramente durante a floração.

As plantas femininas apresentam inflorescências eretas, com flores róseo-avermelhadas, vistosas, enquanto os machos têm inflorescências acinzentadas, afiladas, longas e pendentes. A floração ocorre no inverno e início da primavera e é bastante durável.

Os frutos são do tipo aquênio, com cálice persistente e se disseminam pela ação do vento (heliófita).

Não há duvidas sobre as qualidades ornamentais dos indivíduos fêmeas, com suas floradas exuberantes. No entanto, apesar da floração mais discreta, os machos também são decorativos, além de serem essenciais à propagação da espécie.

O pau-formiga apresenta crescimento rápido e seu porte varia de 10 a 20 metros de altura. Apesar do tamanho avantajado, não apresenta raízes superficiais agressivas, podendo ser plantado em calçadas livres de rede elétrica.

As podas são desaconselhadas por descaracterizarem a copa. Seu uso também é de grande valia em reflorestamentos de matas ciliares.

Como cultivar e plantar pau-formiga

O pau-formiga ocorre em áreas de solo alagadiço, ideal para projetos de reflorestamento de áreas degradadas.
Em áreas urbanas, é interessante sua adição a canteiros centrais de avenidas devido ao tipo de copa que apresenta.

Para plantar, adquirir muda de viveiro com tamanho padrão, e torno de 1,80 m de altura e copa já em formação.

A cova de plantio deverá ser duas vezes maior que o torrão.
Adicionar 2-3 litros/cova de adubo animal de curral bem curtido, mais 100 g de adubo do tipo NPK com formulação 10-10-10, e mais 100 g de farinha de ossos, misturando com composto orgânico.

Colocar antes da adição destes insumos, um balde de água no fundo da cova.
Colocar o torrão, chegar o restante da mistura para completar e regar novamente.

Na ocasião tutorar a muda, com estaca de eucalipto ou bambu, amarrando de leve com corda de algodão para não estrangular a planta.
Regas regulares até o estabelecimento da muda.

Adubações complementares todos os anos até o quarto ano após o plantio, feitas com a mesma mistura usada no plantio, coloca ao redor da muda em vala de 20 cm de profundidade, na projeção da copa, regando bem depois.

Propagação do pau-formiga

A propagação é feita por sementes, em caixotes com composto orgânico, regando após e mantendo a umidade e em cultivo protegido.

Transplantar quando atingir 10 cm de altura para sacos de cultivo com substrato semelhante ao do plantio da muda, deixando em cultivo protegido, realizando regas periódicas.

Atinge tamanho padrão de comercialização em menos de 2 anos.

Nome Científico:Triplaris americana
Nomes Populares: Pau-formiga, Formigueiro, Novateiro, Pajeú, Paliteiro, Pau-de-formiga, Pau-de-novato, Pau-de-tachi, Tachi, Tangarana, Taquari
Família: Polygonaceae
Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais
Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
Origem: América do Sul, Brasil, Paraguai
Altura: 10-20 metros
Luminosidade: Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.