Plantas Suculentas

Peperomia ferreyrae: dicas de cultivo

A Peperomia ferreyrae, também conhecida como Pincushion Peperomia, feijão feliz ou planta feijão, é uma semi-suculenta perene, nativa da América do Sul. É uma espécie que não necessita de muitos cuidados, ideal para cultivo em vasos ou jardineiras em ambientes internos ou externos, a meia sombra.

Muito diferente da maioria das peperomias, que geralmente têm as folhas arredondadas, as da Peperomia ferreyrae são longas com formato peculiar que dá a sensação que foram dobradas. Lembram um pequeno feijão verde rechonchudo, provavelmente o motivo da alcunha feijão feliz.

O topo do meio da folha têm uma espécie de janela que facilita a entrada de luz ao interior da planta. Uma característica que permite melhorar o processo da fotossíntese. 

Cresce de forma arbustiva, podendo alcançar os 30 centímetros de altura, apesar de alguns exemplares ultrapassarem esta medida. O caule é verde quando jovem e á medida que a planta vai se desenvolvendo, adquire um ar mais grosseiro de aspecto lenhoso.

As inflorescências podem crescer até 30 centímetro de comprimento, paniculada e com espigas verde-amareladas, de pouco interesse ornamental comparando-se á sua folhagem. 

No seu habitat natural a Peperomia ferreyrae é epífita, cresce sobre as árvores, portanto, muitas das suas necessidades são baseadas nesta característica.

 Dicas de como cultivar Peperomia ferreyrae

Veja os cuidados necessários, tipo de solo, quantidade de luz e água, para você manter sua da Peperomia ferreyrae saudável:

Temperatura e luminosidade

Peperomia ferreyrae prefere temperatura entre 18 e 24°C, não gostam de muito frio (abaixo de 10°C). Gosta de ficar em local bastante iluminado mas sem luz direta do sol. Mas uma pouca quantidade direta de sol por dia não irá matá-la.

Tenha cuidado para não deixar em cômodo que não seja iluminado, senão ela não irá crescer.

Vaso e solo ideal

Dê preferência para colocar em vaso com furos no fundo, que seja bem drenável. Utilize mistura de plantio à base de turfa, que tem boa drenagem e permite que as raízes absorvam nutrientes. Normalmente são duas partes de turfa para uma parte de areia, uma boa opção são as misturas que já vêm prontas de fábrica, como o Mix de Plantio Orgânico.

Irrigação

É preciso ter um pouco de atenção na rega, uma vez que a falta de água irá fazer ela murchar, e a rega em excesso pode matar a planta, pois apodrece a raiz. Portanto regue somente quando sentir que o solo secou, enfie o dedo na terra para sentir. No inverno reduza bastante a quantidade de água, os efeitos da falta de água são reversíveis, já do excesso de água não.

Gosta da umidade normal da maioria das cidades. Se onde você mora for muito seco no verão, borrife as folhas com água. Notando que ela está murchando, borrife as folhas mais vezes, para aumentar a umidade do ar.

Replantio e fertilização

O replantio só é necessário se a Peperomia ferreyrae ficar grande demais para o vaso em que está atualmente. Passe para um vaso de um número maior, pois suas raízes são muito pequenas.

Pode ser uma boa idéia renovar a mistura do vaso uma vez por ano, mesmo que não modifique o vaso. Quem quiser pode utilizar fertilizante líquido diluído na primavera, de 15 em 15 dias.

Poda

As podas periódicas são capazes de moldar o formato Peperomia ferreyrae, produzindo uma bela arvoreta, ao estilo bonsai. Além disso, este procedimento torna a planta mais densa e compacta. Não esquecendo de eliminar as folhas secas ou estragadas.

Propagação da Peperomia ferreyrae

Pode ser propagada por corte das folhas. Basta tirar estacas das folhas e deixar secar por um dia, para fechar a parte cortada. Depois plante em vaso com a mistura própria. É importante que a temperatura seja acima de 20°C e tenha bastante luz solar, para que ela cresça.

Aqueles que quiserem manter a forma da planta, pode realizar a poda cortando as pontas dos caules quando ela crescer em excesso. Ao cortar estacas você pode separar por um dia para secar, e depois plantar. Assim você poderá propagar a planta e não jogar fora.

Semelhanças entre a Peperomia ferreyrae e o Senecio barbertonicus

Há algumas semelhanças entre a Peperomia ferreyrae e o Senecio barbertonicus, contudo com alguma atenção é possível diferenciá-los. A começar pelas folhas, a Peperomia ferreyrae  têm folhas mais grossas, rígidas e menos curvas, em comparação ás folhas do Senecio barbertonicus.

As flores são outro ponto distinto enquanto o Senecio barbertonicus oferece flores amarelas perfumadas e vistosas, a  Peperomia ferreyrae apenas exibe uma fina inflorescência com flores pouco visíveis.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.