Ornamentais Plantas

Peperômia Melancia: a planta brasileira que encantou o mundo!

Peperomia argyreia ou peperômia melancia, como é mais conhecida, é uma planta encantadora e muito fácil de cuidar!

A peperômia melancia é indicada para quem gosta de espécies de pequeno porte, já que sua altura não ultrapassa 30 centímetros. Suas folhas apresentam uma textura firme, que lembra a das plantas suculentas, sendo bastante ornamentais. O padrão de estrias esverdeadas sobre um fundo prateado lembra, de fato, a aparência de uma melancia.

As peperômias fazem parte da grande família Piperaceae, também conhecida como a família da pimenta. O nome é derivado da palavra pippali, utilizada para denominar os pimentões asiáticos, em sânscrito. São plantas que ocorrem naturalmente em praticamente todas as regiões tropicais e subtropicais do globo terrestre.

No entanto, a maioria das peperômias cultivadas com fins ornamentais, em todo o mundo, são originárias do continente americano. A peperômia melancia, por exemplo, é uma planta tipicamente brasileira. A espécie Peperomia argyreia também pode ser encontrada em outros países da América do Sul, tais como Equador, Bolívia e Venezuela.

O nome da espécie faz referência ao belíssimo colorido apresentado pelas folhas da peperômia melancia. O termo argyreia, em latim, corresponde ao feminino de prateado. Argenti é a palavra latina para designar o metal prata.

Mas é a aparência de melancia a característica mais marcante desta peperômia. Mesmo sendo uma planta natural do Brasil, a peperômia melancia começou a se popularizar mesmo foi na Europa, com o seu uso em painéis e jardins verticais, prática iniciada na França e que foi se espalhando pelo resto do mundo.

Tanto que, no exterior, ela também é conhecida como watermelon peperomia. Alguns também a chamam de watermelon begonia, ainda que ela não tenha parentesco algum com este gênero botânico.

Cuidados com a Peperômia Melancia

A peperômia melancia é fácil de cuidar, especialmente se você for bom em regar suas plantas. Mas se você tem o hábito de esquecer de regar suas plantas por semanas a fio, esta planta pode não ser para você, pois a peperômia é uma planta que ama a umidade. Embora produzam picos de flores na primavera e no verão, as flores são insignificantes e alguns produtores optam por cortar as flores para que a planta possa concentrar sua energia na produção de folhagem.

Luz

Ela precisa de um ambiente claro, mas não pode receber iluminação direta do sol por muito tempo. Não tem problema você cultivar a peperômia melancia no interior da sua casa ou escritório, desde que haja luz suficiente para a planta. Caso contrário, as folhas perderão as cores distintas e ficarão completamente verdes.

Além desse aspecto, folhas pequenas ou caules longos indicam que a planta não está recebendo boa iluminação. Caso você decida colocar a peperômia melancia em área externa, não a deixe em um local que o sol ilumine diretamente. Se isso não for possível, coloque o vaso onde o sol não chegue muito forte.

Regas

Não exagere nas regas com a peperômia. Essa espécie, apesar de apreciar umidade, não tolera solos encharcados.

O excesso de água pode acabar comprometendo as raízes, fazendo com que a planta apodreça. Caso note que as folhas estão caindo ou ficando melequentas é sinal de que o vaso está muito molhado.

Nesse caso, remova a planta, substitua o substrato por outro mais seco e replante-a. Lembre-se de também oferecer uma boa drenagem para garantir que a água escoe adequadamente.

E sempre que ficar na dúvida se deve ou não fazer a rega toque o solo. Essa é a melhor forma de saber se já está na hora de oferecer água novamente. Se notar que ainda está úmido, aguarde mais um dia. Caso já esteja completamente seco pode regar.

Mais uma dica: os ramos da peperômia são individuais e não compartilham a rega. Por isso, a rega deve ser feita de modo uniforme e não apenas no centro do vaso. Dessa forma, você garante que toda a peperômia receberá água na medida certa.

Temperatura e Umidade

Ela é nativa de regiões tropicais e não gosta nem um pouco de mudanças de temperatura. Portanto, mantenha a sua peperômia melancia afastada de saídas de ar condicionado ou portas e janelas que constantemente recebem rajadas de vento e ondas de calor. O ar frio faz com as folhas caiam, portanto o ideal é que o clima permaneça entre 18° C e 24 ° C.

Além de preservar a planta em uma boa temperatura, tente manter a umidade relativa do ar ao redor da peperômia melancia em pelo menos 50%. Para fazer isso, basta colocar a planta em uma bandeja de seixos úmidos ou usar um umidificador de névoa fria. Um sinal de que o ar está seco é quando as pontas das folhas ficam marrons.

Adubo e substrato

Embora o cultivo seja em solos ricos em matéria orgânica e com ótima drenagem. Antes de adubar peperômia melancia, lembre-se de que ela não se “alimenta muito”. Por ter um crescimento lento, muito fertilizante pode queimar as raízes. Faça a adubação uma vez por mês, na primavera.

Use um fertilizante NPK 10-10-10 solúvel em água e coloque na metade da quantidade recomendada para regar. A peperômia melancia também ficará mais saudável se você utilizar substratos à base de adubo vegetal. Fertilizar com 3 colheres de borra de café apenas úmidas ou colocar uma farofa de casca de ovo na base também é bom.

Floração

Se a folhagem chama muito a atenção, as flores, por outro lado, são bem discretas. Elas têm formato de palito, com cor verde clara e sem qualquer efeito estético. Por isso, a peperômia melancia não é uma planta cultivada por causa das flores, mas sim pelas maravilhosas folhas que lembram melancias.

As hastes das flores alcançam até 10 cm de altura e aparecem apenas de setembro a dezembro. Elas surgem nas regiões superiores dos caules que podem gerar mais de uma inflorescência. A época de floração começa principalmente na primavera, mas pode estender-se ao longo do ano caso as temperaturas prevaleçam altas.

Poda

Essa planta não cresce quase nada, no entanto, é possível remover alguns galhos por fins estéticos. Você não precisa ser muito delicado ao podar sua peperômia melancia. Apesar da aparência graciosa e pequena, a planta tolera muito bem cortes “agressivos”. Apenas seja cuidadoso quanto à higiene da tesoura que deve estar limpa e afiada.

Durante a poda aproveite a oportunidade para remover quaisquer folhas que apresentem sinais de danos ou doenças. Tente detectar antecipadamente a presença de pragas e remova a folhagem afetada. Além disso, procure fazer essa vistoria regularmente para prevenir a ocorrência de problemas maiores.

Pragas e problemas comuns

Se a umidade for muito baixa, a peperômia melancia pode ser atacada por ácaros. Isso causa amarelecimento e deformação da folhagem. Por outro lado, a estagnação da água no solo gera apodrecimento das raízes rapidamente. Por isso, regue bem o solo, mas garanta que o escoamento da água seja perfeito.

Lesmas e caracóis também podem devorar os pecíolos das folhas e caules para evitar esse transtorno, jogue sal ou bicarbonato de sódio ao redor do vaso. A planta também ganha manchas marrons nas folhas quando fica, com frequência, diretamente exposta ao sol. Isso são queimaduras, mova o vaso para um local iluminado, porém longe do sol.

Propagação da Peperômia Melancia

O plantio de novas mudas da peperômia melancia costuma ocorrer na primavera e no verão através de galhos. A muda enraíza facilmente em substrato com perlita úmida ou mistura de envasamento. A haste da muda junto com pecíolo (parte que une a folha e o caule) deve ser totalmente enterrada num solo úmido, deixando apenas a folha exposta.

Também é necessário manter uma boa umidade do solo durante o maior tempo possível. Assim, dentro de algumas semanas, o pecíolo se enraíza e forma novas folhas. Existe também a possibilidade de criar outras peperômias melancias usando seções do caule com mais de 3 folhas, porém o processo é mais demorado.

A peperômia melancia é uma planta tóxica?

Não! Para quem tem animais e crianças em casa, um alívio: a peperômia melancia não tem potencial tóxico, portanto, está liberada para embelezar a sua casa sem medo.

Peperômia Melancia no paisagismo

A peperômia melancia é uma das plantas de interior ideais para decorar pequenos espaços dentro de casa ou escritório. Pode ser colocada sobre uma mesa, ao lado do computador, em uma estante, como parte de um terrário ou num pequeno jardim. Ela oferece um valor ornamental único.

O tamanho pequeno, a folhagem padrão de melancia, faz desta planta uma opção perfeita para quem gosta de originalidade. Além do mais, ela consegue viver com luz artificial e por isso, se torna ideal para espaços que recebem pouca iluminação do exterior.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.