Flores

Prímula: veja como cultivar esta bela e delicada flor!

O arco-íris de cores formado pelas prímulas encanta e traz cor para os últimos dias de frio, anunciando a chegada da primavera!

O nome Prímula, ou Primrose, vem do latim primus que significa primeiro pois esta é a primeira flor a desabrochar na primavera, muito antes de todas as outras flores.

A prímula é nativa da Ásia, em especial da China. Existem relatos do aparecimento da planta na América do Norte que foram logo enviadas para a Europa através dos colonizadores ingleses.

De todo modo, as prímulas foram disseminadas por todo o mundo por causa de sua beleza e cores vivas. Além disso, tais flores se adaptam perfeitamente aos climas subtropical, tropical e temperado. Por esse motivo, você encontra a prímula com facilidade no Brasil!

prímula é uma planta de tipo perene que possui uma grande variedade de espécies. Atualmente conhecem-se umas 550, entre as quais se destacam as aceulis, a obconica e também a vulgaris.

SHOPEE.COM.BR

300 sementes primula sortida varias especies

R$29,00

Sobre as características dessa espécie, é uma planta que possui folhas arredondadas e verde escuras com bordas dentadas. Seu caule possui pequenos pelos que têm como função manter a umidade da planta mas que também produzem uma substância tóxica que pode causar reações alérgicas.

Quando chega o final do inverno é que as flores aparecem e a inflorescência dessa espécie é classificada como terminal. Elas fazem o espetáculo à parte, entre simples ou dobradas, florescendo em grande quantidade e ainda nos presenteiam com um delicioso perfume delicado.

As flores se formam em pequenos buquês com seis a oito flores, variando nas cores salmão, rosa, vermelho, roxo, laranja e branco.

Normalmente, pelas suas características e qualidades, os paisagistas usam a prímula em jardineiras e vasos. Elas podem dar o toque clássico que exige uma decoração elegante, por exemplo.

Cultivo da Prímula

A prímula deve ser cultivada sob meia-sombra, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e mantido úmido. É uma planta de clima temperado e subtropical, mas pode ser conduzida em regiões tropicais em ambientes frescos e protegidos do sol forte.

Ela não tolera estiagem, encharcamento, ar condicionado ou geadas

Para prolongar seu florescimento e saúde, recomenda-se remover as flores murchas e fertilizar regularmente. Multiplica-se por sementes postas a germinar no início do Outono.

As prímulas são plantas que podem ser facilmente cultivadas e mantidas dentro de um apartamento. já que suas flores bonitas e coloridas são também muito decorativass, sendo por isso bastante populares como plantas ornamentais.

Cuidados essenciais

As prímulas de interior precisam de alguns cuidados específicos para se manterem sempre saudáveis e floridas.

Luz – É uma planta que aprecia bastante estar em locais bem iluminados. No entanto, deve-se evitar seu contato direto com a luz solar, uma vez que o sol pode queimar suas folhas e flores. Prefere ainda estar em ambientes bem ventilados, mas sem correntes de ar.

Temperatura – A Primula pode ser mantida a uma temperatura ambiente de 20°C durante a maior parte do ano. Durante o Inverno pode ser colocada em locais em que a temperatura varie entre os 10-15°C aproximadamente.

Neste intervalo de temperatura, a rega pode reduzir-se e não há necessidade de adubar. Não se deve no entanto deixar secar o solo completamente. Uma localização ligeiramente mais fria durante o inverno pode ter efeitos positivos na floração da dessa planta.

Rega – Nos meses mais quentes do ano opte por regar a primula pelos menos 2 vezes por semana. Tenha o cuidado de manter sempre a terra úmida, mas não encharcada, pois poderia levar à morte prematura da planta. Nos meses mais frios do Inverno a rega pode ser mais espaçada, sendo o ideal uma vez por semana.

Vaso – Coloque este tipo de plantas em vasos com boa drenagem e que não acumulem água em excesso. Pode colocar seixos ou pedriscos sobre a terra para melhorar a drenagem.

Adubação – Coloque algum adubo líquido especial para plantas com flor na água da rega a cada 15 dias a partir do Outono. Na época de floração faça uma adubação rica em potássio.

NOTA – É recomendável o uso de luvas ao manipular a prímula por se tratar de uma espécie considerada tóxica. São comuns os casos de irritação na pele ao manipulá-las, especialmente em pessoas mais sensíveis.

Como forma de prevenção, a planta deve estar fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.