Folhagem Ornamentais

Samambaia amazonas: linda, fácil de cuidar e super adaptável!

Você é apaixonado por plantas mas tem dificuldade em cultivar? Então conheça a samambaia amazonas. Linda, fácil de cuidar e super adaptável, essa variedade é menos comum. Por outro lado, muito mais prática. Isso porque, além de ter um manejo simples, não deixa cair tantas folhinhas. Dessa forma, vai ter menos trabalho no seu dia a dia.

Como cuidar da samambaia amazonas

Polypodium aureum, nome científico da samambaia amazonas, é uma variedade muito apreciada por quem ama plantas. De fácil cultivo, ela fica perfeita em vasos, canteiros ou árvores. Além disso, suas folhas podem chegar a um metro, sem sujar todo o chão no entorno. Então, conheça mais um pouco sobre essa belezinha.

Luminosidade indicada

Essa espécie não gosta de muita luminosidade. Em seu habitat natural, ela ficava sob as copas das árvores, com muita sombra. Mas é claro que você não vai deixar a coitada sem luz. Então, o ideal é que ela fique próxima à janela, mas na sombra. Se não tiver como, que evite o sol nos horários mais quentes, entre 10 e 14 horas.

Rega da samambaia amazonas

A terra tem que ser bem porosa, evitando o excesso de água. Em geral, a rega deve ser feita 3 vezes na semana, mas cheque a umidade primeiro. Ela deve estar sempre úmida, mas nunca encharcada. Prepare a terra com 3 partes de serragem ou fibra de coco, 4 partes de terra adubada, 2 de areia de construção e 1/4 de carvão triturado.

Exposição ao vento

Como toda samambaia, ela não gosta de vento. Se deixar muito próxima a correntes de ar, pode acabar tendo as folhas queimadas e o crescimento prejudicado. Dessa forma, o ideal é manter a samambaia amazonas sempre longe de correntes fortes, como portas e janelas.

Poda e transferência

Com rápido crescimento, sua samambaia pode começar a formar rizomas muito grandes. Assim, vai acabar entortando o vaso, caso seja de plástico. Uma das soluções possíveis é realizar a poda ou a transferência para um vaso maior. Retire sempre as folhas secas e, se quiser, pode usar parte dos rizomas para fazer novas mudas.

Aproveite para usar a imaginação e plantar não somente em vasos, mas também no canteiro ou nas árvores.

Plantar no vaso ou canteiro

Elas ficam perfeitas em vasos sobre pedestais ou em jardins verticais. É importante porém, colocar a uma altura de pelo menos 1,5 metros, já que suas folhas podem crescer muito. Outra opção é plantar em canteiros, no chão. Sempre prestando atenção à luminosidade e tipo de solo.

Em árvores

Assim como as bromélias e orquídeas, a samambaia amazonas pode ser “plantada” nos troncos das árvores. Para isso, basta pegar um pedaço de rizoma com folhagens e algumas raízes e fixar no tronco, com um fitilho de plástico. Nunca use pregos ou arames, que podem prejudicar o desenvolvimento e saúde da árvore.

Reprodução da samambaia amazonas

Uma forma simples de fazer mudas de qualquer planta com rizoma, o que inclui as samambaias, é fazer sua divisão. Você pode encontrar mais de um rizoma (aquela ‘raiz’ comprida e peluda que sustenta as folhas). Se for assim, basta retirar a planta do vaso e separar os rizomas, sem tirar muito o substrato.

Se preferir, pode cortar o rizoma em várias partes, deixando pelo menos 3 folhas em cada parte. A partir daí, é só preparar um substrato bem poroso e plantar cada uma. Se for colocar em árvores, deixe parte do substrato até que ela firme no troco, para evitar que fique sem nutrientes.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.