Ornamentais Plantas

Yucca elephantipes: purifica e decora o ambiente

Nativa da América Central e do sul da América do Norte, a yucca elephantipes ou Yucca gigantea é um arbusto do gênero das yuccas, pertencente à família Agavaceae. O nome “elephantipes”, faz referência a base do tronco que é entroncada e larga, fazendo lembrar a pata de um elefante, sendo comumente chamada de yucca pata de elefante.

Esta planta arbustiva é amplamente cultivada como planta de interiores, mas também demonstra destaque em áreas externas e jardins.

Trata-se de um arbusto lenhoso com folhas verdes e pontiagudas, que quando plantada no solo, pode alcançar alturas superiores a 6 metros. A sua maior característica é o caule ereto pouco ramificado, que têm no seu ápice as folhas lanceoladas, dispostas em bonitos tufos verdes ou variegados conforme a variedade. As folhas são lineares e rígidas, lembrando a forma de uma espada.

Têm a vantagem de possuir uma raiz pouco agressiva, que permite que a yuca seja plantada perto de construções, respeitando sempre uma pequena distancia de segurança.

Cultivar uma yucca elephantipes pode contribuir para a purificação do ar de ambientes internos. As yuccas são plantas eficazes contra a poluição, incluindo o benzeno, amoníaco e o monóxido de carbono.

Você pode mover sua yucca para uma área externa no verão, onde ela receberá sol direto todos os dias. Ao ar livre, pode produzir espigas altas de flores brancas e perfumadas.

Geralmente as yucas cultivadas em interiores requerem mais cuidados, já as que são cultivadas no exterior, apresentam uma resistência maior. Confira a seguir os cuidados necessários com essa planta:

Como cuidar a Yucca elephantipes

Esta planta é extremamente fácil de cultivar e tolera mudanças nas condições ao longo do ano, como luz, umidade e temperatura.

  •  Luz: A yucca aprecia ambientes bem iluminados, de sol pleno ou pelo menos 3 horas diárias de luz direta.
  •  Temperatura– Não têm exigências ambientais particulares, suporta inclusive as oscilações térmicas repentinas. Dentro de casa aprecia temperaturas entre os 15 e os 18ºC.
  •  Regas: Apesar de ser uma planta com grande resistência à falta de água, no Verão a yucca agradece regas abundantes, mas sem encharcamento, deixe secar a terra entre cada adição de água. No Inverno modere a rega. O encharcamento é o principal inimigo da yucca, o excesso de água pode levar ao apodrecimento das raízes e à formação de pintas pretas na folhagem.
  •  Solo: A yucca aprecia ser cultivada com substrato leve e arenoso, com boa drenagem e enriquecido com matéria orgânica. Solos com más condições de drenagem levam ao apodrecimento da raiz e consequentemente à morte da planta.
  •  Poda: Elimine as folhas inferiores velhas e amarelas, que vão aparecendo com o crescimento. Estas devem ser puxadas, de modo a retirá-las na totalidade. Corte o excesso de rebentos de modo a manter o troco limpo e garantir o aspeto escultural da planta.
  •  Cuidados: Nos períodos de maior calor pulverize a folhagem da planta com água à temperatura ambiente. No Verão adube a cada duas semanas com um adubo equilibrado.
  • Replante: Não é essencial, mas uma boa regra é replantar a cada dois anos na primavera. As plantas tendem a ficar pesadas na parte superior, pois a maior parte do peso está centralizada na parte superior da Yucca, plantar em um recipiente profundo e pesado ajudará a evitar que a planta tombe.
  •  Multiplicação: Realize a multiplicação da yucca através da separação dos pequenos rebentos que surgem à volta do tronco da planta mãe. Pode inclusive plantar as estacas de ponta. É uma planta de fácil propagação e não exige grandes cuidados na obtenção de novas raízes.
  • Toxidade: A seiva e a folhagem contêm um composto tóxico que, embora não necessariamente mortal, pode causar sérios desconfortos gastrointestinais. Afeta gatos, cães e pessoas, portanto, aqueles com animais de estimação e crianças pequenas devem tomar cuidado.
  • Pragas: É relativamente livre de problemas de pragas e insetos. Esta é uma planta que os ácaros não gostam. Entretanto, você pode encontrar escamas ou cochonilhas. Ao detectar insetos, pulverize com um inseticida ou óleo de Neem.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.